SEO

10 melhores práticas para impulsionar o SEO WordPress

21
Jul
2021

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

No mundo atual, mais de 75 milhões de sites usam WordPress. Contudo, apesar do número de usuários, nem todos tomam as medidas necessárias para otimizar seu site com foco nos principais buscadores que obtenham tráfego. 

Uma coisa é certa, caso o seu negócio funcione bem no WordPress, é fundamental seguir algumas dicas básicas de SEO para conseguir desempenhar um papel significativo no aumento de posição nos resultados de buscas. Por consequência, você verá no seu site mais leads, vendas e maior receita.

Confira neste conteúdo como melhorar o desempenho do seu site com dicas de SEO WordPress!

10 melhores práticas para impulsionar o SEO WordPress

1. Certifique-se de que os motores de busca podem acessar seu site

Caso os mecanismos de pesquisa não consigam acessar seu site, por consequência, eles não irão encontrar suas páginas e você perderá todo o tráfego orgânico.

Para impedir que isso aconteça, faça login no administrador do WordPress e clique em Settings > Reading.

Importante: certifique-se de que a caixa que diz “Desencorajar mecanismos de pesquisa de indexar este site” esteja desmarcada.

2. Otimize os URLs 

Os permalinks são responsáveis por desenvolver um papel importante em tornar o seu site otimizado para SEO.

Visite Settings > Permalinks e; selecione a opção de nome da postagem como a estrutura de URL padrão.

Um conselho bom: se o seu site está no ar há muitos anos, o mais recomendado é que você seja orientado por um profissional de SEO. Do contrário, você poderá perder todo o seu patrimônio de SEO se os redirecionamentos adequados não forem feitos corretamente. 

Além disso, quando você adiciona uma nova postagem no WordPress, ele cria de maneira automática uma nova URL com o mesmo nome do título da postagem. 

No entanto, será necessário que você altere manualmente a URL sempre que criar uma postagem, pois assim você a tornará amigável para SEO

Por exemplo, se o título do seu blog for “Por que investir em SEO resulta nas melhores tomadas de decisão?’’,  então a URL automático que o WordPress criará seria:

seusite.com/por-que-investir-em-seo-resulta-nas-melhores-tomadas-de-decisoes

Agora temos outra etapa, certamente que este tipo de URL, como o exemplo acima, é muito longa e, em muitos casos, não fica legal nos resultados da pesquisa. Afinal, os motores de busca preferem URLs mais curtas e claras. 

Uma solução é utilizar sua estrutura de URL que contenha suas palavras-chave de destino, como resultado você estará dando peso máximo de SEO. 

Um exemplo de URL perfeita seria seusite.com/investir-em-seo-tomada-de-decicoes

Veja a diferença: curto, claro, simples e amigável para SEO.

Portanto, da próxima vez que você criar uma postagem no blog, certifique-se de alterar o URL padrão para mantê-lo curto e rico em palavras-chave.

3. Otimize seu site para a experiência da página do Google

No começo do ano, o Google lançou a atualização de experiência de página. A nova atualização afeta as classificações de todos os sites que não passam no teste Core Web Vitals. 

Por exemplo, se você já está usando o Google Search Console, pode ter visto problemas como LCP (maior pintura com conteúdo) , FCP (primeira pintura com conteúdo) e FID (primeiro atraso de entrada) que já afetam seu site.

Nesse caso, você pode usar a ferramenta Page Speed ​​Insights para melhorar o desempenho do seu site e otimizar para o Core Web Vitals.  Assim, a partir do uso de soluções como o Page Speed, você terá sugestões para corrigir os problemas associados à velocidade do site e otimização de UX.

4. Use imagens em formato WebP

WebP é um novo formato de imagem para a web que cria imagens mais elaboradas e potentes, no entanto, têm a desvantagem de serem menos, cerca de 26% menores em tamanho, se compararmos com as imagens PNG tradicionais.

Não deve ser novidade, mas vale ressaltar: as imagens desempenham um papel importante para tornar seu site mais rápido. Fato é, sites mais rápidos passarão facilmente no teste Core Web Vitals. Uma das melhores maneiras de fazer com que suas imagens carreguem mais rápido é usar o formato WebP.

Use o plugin WebP Converter for Media para converter todas as imagens jpeg, gif e PNG em seu site para WebP. Com isso, será possível ver uma grande transformação no carregamento da página, uma vez que as imagens carregam mais rápido sem qualquer perda na qualidade da imagem. 

10-melhores-praticas-para-impulsionar-o-seo-wordpress

5. Mova seu site para HTTPS (caso ainda não tenha sido feito)

Mais do que nunca, o Google leva a segurança muito a sério. A era dos sites HTTP já não existe mais. Se você está pensando que HTTPS só é necessário para sites de comércio eletrônico, você está errado. Este pensamento, neste momento, é grave. 

No entanto, compre um certificado SSL para o seu site e visite Configurações -> Geral em seu painel para alterar a URL do endereço do WordPress e a URL do endereço do site para HTTPS.

HTTPS é um excelente recurso para o seu site e é isso é recomendado pelo Google. Ele cria uma criptografia segura para manter todos os dados de comunicação do usuário protegidos e torna seu site confiável

6. Otimize a velocidade do site

Já anunciamos, mas vale escrever de novo: a atualização de experiência de página afetará negativamente todos os sites lentos. Por outro lado, isso aumentará as classificações de sites que carregam rapidamente. 

É fundamental, portanto, identificar os pontos fracos do seu site que estão causando problemas de desempenho. Não deixe de utilizar o console de pesquisa para corrigir os problemas do Core Web Vitals. Algumas das métricas que requerem atenção são:

  • FCP
  • FMP
  • Índice de velocidade
  • Primeira CPU inativa
  • Hora de interagir
  • Latência de entrada estimada

Confira algumas etapas indispensáveis para melhorar ainda mais a velocidade de carregamento da página:

  • Use o mínimo de plug-ins e exclua aqueles que não são necessários.
  • Atualize sua hospedagem WordPress para aumentar a largura de banda.
  • Passe para um tema mais rápido. 
  • Minimize o número de scripts externos.
  • Instale um plugin de cache do WordPress. 
  • Crie páginas AMP usando um plug-in como AMP para WP . As páginas AMP são projetadas para carregar mais rápido em dispositivos móveis.

Após seguir essas etapas será possível sentir a velocidade do seu site aumentar como nunca antes.

7. Crie links de alta qualidade (Link Building)

A construção de links de qualidade, o tão conhecido Link Building, pode impulsionar seus esforços de SEO e ajudá-lo a classificar suas palavras-chave específicas. 

Há técnicas de link building que você pode usar para adquirir links de qualidade. Alguns deles são:

  • Postagem de convidado.
  • Alcance do Blogger.
  • Edifício da ligação quebrada.
  • Menções de marca não vinculadas.
  • Criação de links da página de recursos.
  • Dados do convidado.
  • Postagens de resumo.
  • Revisão de produtos.

Para economizar tempo, você pode usar ferramentas da WebPeak para encontrar clientes em potencial de Link Building de qualidade e, mais que isso, alcançá-los.

Com a ferramenta de Link Building da WebPeak, você pode encontrar oportunidades de link para várias estratégias, pois serão fornecidos dados de link como tráfego, classificações, DA e PA.

Para o Link Building, será necessário registrar seu site e usar várias ferramentas, portanto, pode ser necessário criar uma conta em vários sites. 

8. Aproveite o poder do marketing de vídeo

A era do marketing de vídeo segue forte, e é um excelente impulsionador de SEO. De acordo com pesquisa, 83% dos profissionais de marketing geram alto tráfego usando o marketing de vídeo.

Para alavancar o poder do marketing de vídeo, você pode inserir ou incorporar seus vídeos do YouTube e explorar ferramentas que auxiliem seu negócio nesta etapa! 

9. Melhore a experiência do usuário do seu site

A experiência do usuário é fundamental quando o assunto é o sucesso do site. Infelizmente, muitas vezes, os webmasters ignoram o fornecimento de um bom suporte ao usuário. 

Aqui estão as razões pelas quais a UX (experiência do usuário) é importante para qualquer site e seu papel no SEO:

  • É capaz de converter os visitantes em clientes.
  • Reduz a taxa de rejeição e melhora o tempo na página.
  • Aumenta a confiança do site e melhora a autoridade do site.

Quer melhorar a experiência do usuário de um site? Confira as seguintes ações:

  • Forneça ao público conteúdo bem pesquisado, de intenção específica, de alta qualidade e envolvente.
  • Crie um design de site responsivo bem estruturado e fácil de navegar.
  • Faça seu site carregar rapidamente.
  • Adicione frases de chamariz responsivas e fáceis de usar.
  • Ofereça um bom atendimento ao cliente.
  • Use mídias atraentes, como imagens e vídeos.
  • Corrija quaisquer problemas 404, erros de redirecionamento ou problemas essenciais da web vitals.
  • Otimize todas as imagens em seu site.

Existem várias ferramentas que podem ser usadas para melhorar a experiência do usuário, como as ferramentas da WebPeak para identificar a saúde do seu site

10. Atualizar arquivo .htaccess

Por fim, não podíamos deixar de passar por este tópico. Um arquivo .htaccess é um arquivo de configuração de alto nível que, normalmente, está localizado no diretório raiz do WordPress. Com o uso do arquivo .htaccess, você pode fazer várias alterações, como adicionar redirecionamento para a versão HTTPS do site, evitar hot linking, criar uma página 404 personalizada e proteger com senha os diretórios no servidor.

Se você estiver usando plug-ins de SEO como Yoast SEO, basta acessar o SEO > File Editor > .htaccessarquivo.

Para editar o arquivo .htaccess, você pode adicionar linhas de código diretamente no WordPress, conforme mostrado na imagem abaixo. Basta clicar no botão “salvar alterações em .htaccess” e ele será atualizado automaticamente no backend.

Por exemplo, se você deseja redirecionar qualquer página para um novo local, adicione o código abaixo ao seu arquivo .htaccess:

Redirect 301 /oldpage/ http://www.seudomínio.com/newpage

Como forçar versões WWW e não WWW do seu site

Você pode usar o código abaixo para forçar a abertura do seu site com um endereço www:

Options +FollowSymLinks 

RewriteEngine on 

RewriteCond %{HTTP_HOST} ^seusite.com [NC] 

RewriteRule ^(.*)$ http://www.seusite.com/$1 [L,R=301]

Você pode usar o código abaixo para forçar a abertura do seu site sem um endereço www:

Options +FollowSymLinks 

RewriteEngine on 

RewriteCond %{HTTP_HOST} . 

RewriteCond %{HTTP_HOST} !^seusite\.com 

RewriteRule (.*) http://seusite.com/$1 [R=301,L]


Importante: Substitua “seusite” pelo endereço do seu site e, se você tiver uma extensão diferente de .com, substitua .com pelo seu TLD. 

Gostou do conteúdo? 

Continue nos acompanhando para receber mais dicas para seu negócio!


Últimas Postagens WebPeak

SEO

Conheça o Gerador de Title e Description Grátis da WebPeak

Google

Quer saber como disparar site na busca orgânica? Veja essas dicas!

SEO

10 melhores práticas para impulsionar o SEO WordPress

E-Commerce

Transformações no Marketplace