Marketing

10 vantagens do marketing digital

14
May
2021

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

Não nos comunicamos mais com clientes como antigamente, isso é um fato. Aquela comunicação unilateral, onde somente o anunciante falava, ficou para trás. 

Hoje, podemos dizer tranquilamente que o consumidor é atraído pela marca que lhe dá espaço para ser ouvido. Com isso, as vantagens do marketing digital ficam cada vez mais evidentes; são estratégias aplicadas, inclusive, como modelo de negócios modernos. 

10 vantagens do Marketing Digital

O marketing digital pode ser definido da seguinte maneira: 

Ele agrega o conjunto de atividades essenciais que uma empresa desenvolve no ambiente online. O objetivo, no entanto, é consolidar a imagem da marca, atrair novos cliente e construir relacionamento.

Entre as estratégias essenciais de marketing digital estão: SEO, Inbound Marketing, Automação de Marketing e o Marketing de Conteúdo.

1. Sua presença online fará você ser encontrado

A primeira ação de consumidores modernos, quando vão entrar em contato com alguma marca, é perguntar pelo seu site ou redes sociais. Se você tem dúvidas disso, pense um pouco e identifique que acontece o mesmo com você.

no que você, assim como eu, faz…

Os clientes, hoje, gostam de conhecer a identidade da marca, saber mais informações e encontrar ideologias (histórias) que possam servir como identificação. Como resultado, o consumidor irá sentir confiança antes de fazer uma compra.

Agora deve estar mais claro porque a presença online consistente é fundamental, certo?

Para isso, é essencial estar em diferentes canais, assim é possível que o consumidor encontre seu negócio, com facilidade, na internet. Os novos consumidores estão a todo momento (ou quase isso) online. 

2. Gerar engajamento com a persona

Uma das possibilidades que a internet oferece é que, além de atrair um cliente e aumentar as chances de vendas, os negócios podem criar relacionamentos consistentes com o consumidor final.

Fato é que, a comunicação digital não é uma via de mão única, com ela é possível ir além do esperado: é a oportunidade para marcas oferecerem conteúdos relevantes, que causem uma boa experiência de compra, ou seja, vai muito além da publicidade exclusivamente comercial. Como resultado, os consumidores podem responder e interagir com as empresas.

A dinâmica interativa aproxima o consumidor da sua marca, criando relações mais fortes e duradouras. Com essa interatividade, os laços que se criam entre marcas e consumidores são muito mais fortes.

3. Possibilidade de acompanhar a jornada de compra

No passado não tão distante, aquele lá antes da internet, a jornada de compra dos consumidores era relativamente simples. Primeiramente, ele via uma publicidade na TV ou no jornal, ia até uma loja física e tomava a decisão naquele ambiente, sob pressão ou não. Ali também era o lugar onde ele fazia o pagamento.

No entanto, o mundo mudou. Hoje, a jornada de compra é muito menos linear e previsível, participando desse movimento, ela é cada vez mais digital. 

As opções de compra são mais visíveis, o consumidor pode pesquisar preços no computador, comparar outras opções pelo celular, ir até o shopping e experimentar os produtos, chegar em casa e comprar no e-commerce. Percebe a falta de linearidade? 

Esse foi um exemplo, mas outras situações também podem acontecer para comprar o mesmo produto. 

O Marketing Digital é vantajoso desse ponto de vista, pois permite acompanhar toda essa jornada de compra. As marcas, hoje, podem estar presentes em diferentes canais pelos quais o consumidor passa — site, Facebook, blog, e-commerce, etc. 

Quando um negócio investe em marketing digital, está ciente de que ficará mais fácil ajudar o cliente a resolver todas as suas dúvidas e objeções, como resultado, irá influenciar positivamente na decisão de compra.

10-vantagens-do-marketing-digital

4. Conquistar a fidelização dos clientes

O processo de compra não acaba quando o cliente finalizar uma venda. Ou seja, é essencial que as empresas mantenham contato com os clientes, se querem estimular uma recompra ou uma recomendação da marca para outras pessoas.

As estratégias de marketing são capazes de participar do processo de fidelização de clientes, o investimento nessas soluções podem trazer muito mais vantagens na hora da aquisição de produtos. 

Na internet, há diversas ferramentas e canais que auxiliam na manutenção do contato com o cliente. Aposte nos conteúdos de blog, por exemplo, pois eles são capazes de nutrir o relacionamento com a empresa e despertar o interesse em uma nova compra. Além disso, o uso de ofertas personalizadas por e-mail podem sugerir produtos complementares à última compra do cliente. Enfim, são muitas soluções que podem ser aplicadas. Estude o seu nicho e se dedique no pós compra. 

Para isso, conheça bem o perfil e os interesses de cada pessoa que faz parte do seu público-alvo, assim você conseguirá fazer as ofertas certas. O consumidor precisa se sentir notado e valorizado pelo seu negócio para voltar a comprar.

Lembre-se: as vantagens aos clientes são sempre bem vindas. 

5. Ganhar autoridade de marca

Marcas que estão por dentro da importância do meio digital atuam diariamente na internet por meio do marketing de conteúdo. Diariamente consumimos métricas, geramos insights a partir delas, criamos hipóteses e realizamos novos testes. Por mais que tudo isso aconteça sutilmente. Porém, nem sempre o SEO é utilizado como uma ferramenta de feedback das ações.

Se atente: uma página bem otimizada para SEO tende a gerar um índice de qualidade melhor no Google Ads, ou seja, isso significa redução de custo por clique (CPC).

Porém, poucas pessoas colocam a seguinte perspectiva, e é um equívoco não pensar nisso: o algoritmo do Google existe para identificar o que o usuário quer. Ou seja, se uma página, um site, estão bem posicionados, isso significa que há um feedback positivo do consumidor. 

Vale lembrar que grandes marcas já foram construídas com base nesta perspectiva, inclusive a Amazon. Desde quando o marketing de conteúdo surgiu, muitas foram suas evoluções, e ele mudou radicalmente. Hoje, para ser o melhor resultado no Google, é fundamental ser o melhor resultado para o consumidor.

Isso significa que para estar na primeira posição do Google, antes a marca tem de responder às dúvidas do usuário. Assim como que, para receber a Autoridade do Google, antes de tudo, é importante que a marca crie um conteúdo com foco na experiência do usuário. SEO um grande aliado entre Branding e Performance.

6. Entrar no mercado competitivo

É comum que empresas pequenas, ou que estão começando agora no meio digital, tenham receio de iniciar uma estratégia de Marketing Digital. Um dos motivos para isso acontecer pode ser por acreditarem que estarão em desvantagem em relação aos concorrentes de grande porte.

No entanto, esse pensamento não condiz com a realidade, diferente do ambiente offline (publicidade e anúncios na TV, por exemplo), a internet têm as melhores condições de equiparação dessa diferença.

Os resultados podem ser vistos até mesmo em investir em mídias, a partir de publicações consistentes em um blog corporativo e nas redes sociais, por exemplo. Apenas com essa ação já é possível atrair interessados e engajar a audiência.

Se o negócio optar pelo investimento em mídias pagas, comece investimento o suficiente, já pode ser possível alcançar ótimos resultados. 

O mais importante é que as estratégias sejam focadas no público certo e que as técnicas sejam executadas de maneira profissional— com eficiência e qualidade.

7. Segmentar o público

Criar persona significa segmentar seu público de forma profunda, buscando alcançar um nível personalizado de segmentação. Os benefícios são inúmeros. A partir da persona, você consegue entender melhor as demandas de seus clientes e, dessa forma, resolvê-las com mais eficiência.

Para conhecer seu público-alvo de maneira correta, é preciso fazer as perguntas certas e realizar pesquisas profundas de seu público. Só assim você terá um objetivo mais claro e consegue direcionar seus recursos com mais precisão. Ao aprender o que é uma persona e como criá-la, você pode otimizar sua estratégia completamente, tornando-a mais precisa e efetiva. Dicas de perguntas gerais para definição da persona:

  • Qual é o público que está interessado em meu negócio? (podemos denominar esta pergunta como a mais geral de todas, ela vai ajudar você a direcionar às outras que vão seguir)
  • Quais canais há mais engajamento dos clientes com a empresa? (esta pergunta ajuda a encontrar pessoas mais prováveis e dispostas a realizar entrevistas)
  • Os meus clientes, em sua maioria, possuem mais afinidade com quais produtos ou serviços? (pergunta para compreender melhor o que é mais interessante à sua persona)

8. Personalizar as ofertas

Um dos principais ativos de compras é a experiência do consumidor.  Seja em um atendimento online ou presencial temos que ter a personalização da experiência. Mas como fazer isso online? 

Primeiramente, passe credibilidade para seu cliente! Uma dica, por exemplo, é utilizar chats privados para comunicação, aplicativos para mensagens diretas com o objetivo de personalizar os atendimentos, entre outras. Estratégia de personalização pode ser vista como a materialização da boa experiência de compra  

9. Obter resultados de longa duração

O Marketing Digital torna possível o uso de meios pagos e orgânicos para divulgar um negócio e se relacionar com os consumidores. Entre os orgânicos, estão a otimização para buscadores (SEO) e o Marketing de Conteúdo que, entre outros benefícios, oferece resultados duradouros.

Vale lembrar que um blog nunca perde os conteúdos publicados, nem a reputação que conquistou ao longo do tempo. Os conteúdos ainda podem ser acessados anos depois da sua publicação e continuam gerando acessos e conversões (se ainda forem relevantes para o público).

10. Poder mensurar todos os resultados

Diferente do marketing offline, que tem algumas restrições quanto à mensuração dos resultados, no marketing digital é possível ter conhecimento de tudo o que aconteceu no processo de compra. 

Afinal, a internet permite rastrear todos os passos dos clientes, desde um clique em um link do e-mail marketing até a finalização de uma compra no e-commerce.

A partir de recursos eficientes, é possível saber com precisão quantas pessoas acessaram a sua página, quantas delas compraram e qual foi o retorno dos investimentos em publicidade.

O uso de métricas são colocadas à disposição pelas redes sociais, pelas plataformas de anúncios (como o Facebook Ads e o Google Adwords) e pelos softwares de análise de dados (como o Google Analytics). É essencial, no entanto, utilizar bem os dados e saber prosperar a partir de uma boa análise sobre seu negócio. 

A WebPeak é a melhor plataforma de marketing digital do mercado: concentramos todas as ferramentas de SEO em um único lugar. 

Entre em contato, podemos marcar uma conversa, que tal? 


Últimas Postagens WebPeak

Ferramentas de WebMaster

Novidade: Google lança Search Console Insights

Marketing

Industrias no ecommerce: mudanças no comportamento do consumidor

Marketing

Como PIX mudou o comportamento e compra online

E-Commerce

Como criar eventos Google Tag Manager