SEO

4 truques para melhorar o seu SEO

11
Jan
2021

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

Com certeza uma das primeiras recomendações que se aplica a empresas de qualquer dimensão está em torno da seguinte questão: analisar a base da estratégia de SEO, sobretudo a partir da pergunta “o que é que os motores de pesquisa vão tentar alcançar?”

A resposta, em todos os casos, é que o algoritmo orgânico tenta encontrar as respostas mais relevantes e úteis a toda e qualquer pergunta feita, isso é, dar ao utilizador a melhor experiência possível.

Esses mecanismos de procura não ganham qualquer dinheiro por cliques orgânicos, por isso precisam se tornar o mais relevante possível, respondendo às questões dos visitantes e fazendo com que as pessoas continuem a voltar de modo orgânico – e, por consequência, mantêm um alto volume de receitas vindas da publicidade.

E como é que os buscadores, como o Google ou Bing, determinam estas características? O algoritmo encontra websites relevantes olhando para três grandes campos, que são os que vamos desenvolver neste conteúdo!

Leia também: O que significa SEO

Continue lendo este artigo para conhecer os 4 truques para melhorar o seu SEO.

Vamos a eles!

4 truques que vão melhorar o SEO de seu negócio

1. Otimização técnica

A principal pergunta que gira em torno deste ponto é se o motor de pesquisa consegue ler seu site e se seus visitantes possuem uma boa experiência ao visitar seu site.  

No sentido de oferecer ao visitante uma melhor passagem pelo seu website e para que os motores de pesquisa saibam com precisão do que está sendo falado, e para isso seu SEO tem que ser sólido.

Diante disso, ter um código limpo, imagens e tags otimizadas, indexação apropriada e um mapa de site são a chave para que Google e demais buscadores sejam capazes de o ler apropriadamente.

A velocidade de página apropriada é muito importante para evitar as interrupções constantes. As tags nos sites não servem apenas para encher com palavras-chave, mas para permitir que os motores de busca entendam o que aqueles contêm, e que informação será dada ao visitante.

Este é o ponto mais básico do Search Engine Optimization (SEO), mas será sempre de extrema importância para construir todos os tipos de visibilidade orgânica.

2. Conteúdos relevantes no seu site

Os conteúdos no Website indicam preocupação em torno de qual assunto da sua página, assim como a força e relevância do que está escrito. Os conteúdos possuem enorme influência para os algoritmos dos buscadores.

Se pergunte para você se quando chegam à sua homepage existe um bom trabalho que corresponde ao que exatamente sua empresa faz. Pense nela como uma vitrine da sua loja, e para isso deve haver claras instruções aos visitantes acerca do seu negócio e o que pode ser feito no seu website.  

Escrever conteúdo é essencial para gerar engajamento e aplicar técnicas de SEO em cima deles para desdobrar positivamente o alcance do seu negócio.

Não subestime o Google: os motores de pesquisa estão cada vez mais inteligentes a reconhecer texto que não seja natural ou que seja uma duplicação manipulada, e a tendência é a apertar cada vez mais o cerco estes casos.

Ao invés de tentar encontrar novas formas de ‘’enganar’’ os motores de busca, foque se somente em escrever conteúdo que seja único, atraente e útil para a sua audiência. Não deixe de falar sobre seus produtos ou serviços, responda inteiramente às FAQs (Frequently Asked Questions) e considere todas as outras informações que possam fornecer e que sejam relevantes.

Outro ponto fundamental é você se questionar acerca do reconhecimento do seu negócio no seu  ramo de atuação ou nicho de mercado, e desse modo desejar estar no topo dos rankings orgânicos, que conteúdo você pode oferecer para melhorar sua posição de líder dos buscadores.

Além de ser essencial para SEO, significa também melhorar suas taxas de conversão quando o foco está no que possui mais relevância.

3. Portfólio de backlinks

Quando o assunto é backlink, o restante da indústria também o considera relevante?

Esta é provavelmente a parte mais incompreendida do SEO. Sim, os motores de busca olham para os links que apontam para o seu site para perceber quão importante ou popular é para a indústria, mas a qualidade acima da quantidade é fundamental.

O trecho acima faz sentido quando volta-se o foco para a relevância. Semelhante ao que falamos, o Google ou outros buscadores, estão dispostos a melhorar o modo como identificam links antinaturais ou manipulados, diante disso, convém que esteja totalmente defendido contra qualquer novo update ao algoritmo, focando-se em ganhar backlinks – ao invés de somente  ‘plantar’.

Certamente que peças fortes de conteúdos, como infográficos e blogs, ajudam e muito a ganhar links que vão para o seu website, mas este terceiro pilar do SEO requer uma abordagem um pouco mais proactiva e integrada com outros canais digitais.

Aumente a presença nas redes sociais para partilhar conteúdos, inclua infografias na sua newsletter, interaja com outras referências do ramo com debates, entrevistas ou parcerias.

E isso tem muito a ver com marketing de conteúdo. Garanta que os links internos façam sentido para o funil e assim apontem para as páginas corretas, assim como que qualquer página danificada seja devidamente redirecionada. Ajude os motores de pesquisa a perceber o motivo e o lugar que seu negócio é relevante.

4. Alcance o topo dos buscadores com a WebPeak

Para ter sucesso e conseguir vender mais, é necessário estar sempre um passo a frente da concorrência. A ação visionária da WebPeak de mostrar a realidade no mundo dos negócios digitais é um diferencial que afeta diretamente nas vendas.

Entenda O que é SEO e seus fatores mais importantes em nosso Guia Enterprise de SEO!

Conseguir visualizar e comparar outras plataformas e serviços, indicam uma análise mais abrangente sendo o fator predominante na hora de decidir onde seu site estará melhor inserido, e como serão as estratégias de marketing digital utilizadas para melhorar os resultados de vendas.

Conjunto com as melhores ferramentas de SEO

  • Auditoria Técnica
  • Análise de Backlinks
  • Recursos de Palavras Chave
  • Ferramenta de Links Internos
  • Análise Backlinks dos Concorrentes
  • Análise SEO Interna
  • Análise de Rank
  • Integração  Google Analytics
  • Análise de Backlink Tóxicos
  • Diretórios para Geração de Links
  • Sinais Sociais de SEO
  • Análise de Concorrentes

Com esses truques expostos, o que está esperando para melhorar o seu SEO? Foque neste conteúdo e mão na massa!

Continue nos acompanhando e receba mais dicas para seu negócio. Até a próxima :)

Últimas Postagens WebPeak

SEO

Quer melhorar sua Taxa de Clique Orgânico? A gente te mostra como!

Google

Google testará o Protocolo IndexNow

Google

Guia SEO: aprenda a encontrar todas as páginas de um site

Google

Como desenvolver uma campanha com resultados no Google Ads