9 KPIs de SEO que você deve acompanhar

17/9/2018

9 KPIs de SEO que você deve acompanhar

Seu site é maravilhoso. Você investiu muito no marketing de conteúdo com bastante disciplina ao longo desses anos.Passou inúmeras horas desenvolvendo personas de compradores e concentrando-se em seu público-alvo.

Bom, chega a hora de apresentar seus esforços ao seu cliente ou compartilhar os últimos desenvolvimentos de campanha com os superiores.

Como você pode provar sucesso?
Como você pode demonstrar valor de uma maneira tangível?

Este conteúdo é exatamente sobre isso, afinal, os principais indicadores de desempenho (KPIs) contêm a resposta.

Os KPIs são métricas objetivas que ajudam a medir e esclarecer o sucesso de uma determinada organização ou campanha. Aqui você vai saber quais são os nove KPIs críticos que você deve acompanhar!

Vamos lá!

Leia também: Monte uma estratégia consistente de marketing de conteúdo

9 KPIs de SEO que você deve acompanhar

9 KPIs de SEO que você deve acompanhar

1. Sessões Orgânicas

As sessões orgânicas medem visitas ganhas ao seu site a partir de mecanismos como o Google e o Bing. A sessão é definida por uma visita ao site pelas ações realizadas pelo usuário durante essa visita e depois pela saída do usuário do site.

Se um usuário ficar ocioso, a sessão expirará após 30 minutos de inatividade por padrão. Um único usuário passa a ser responsável por inúmeras sessões.  O tráfego orgânico pode ser medido diretamente no Google Analytics ou você pode integrar os dados a uma ferramenta de relatórios, como o Agency Analytics, para melhor referência cruzada com outros pontos de dados.

Aproveite para conhecer Ferramentas Indispensáveis para qualquer Webmaster!

O crescimento do tráfego orgânico é o principal indicador de desempenho mais importante, porque se alinha mais claramente ao objetivo no centro do SEO: obter mais olhos no seu site.

Um crescimento em sessões orgânicas tem algumas causas potenciais que podem ser identificadas por dados e posições de palavras-chave analíticas.

Por um lado, isso poderia significar mais pesquisas de marca. À medida que seus esforços de marketing digital e tradicional compensarem com o aumento da notoriedade da marca, você verá mais pesquisas pelo nome da sua marca ou produtos como resultado.

À medida que suas otimizações on-page e off-page começarem a pagar dividendos, seu website melhorará as classificações de palavras-chave, tanto as que você está segmentando quanto aquelas que você não se esforçou para alcançar.

A taxa de cliques esperada (CTR) aumenta com cada posição individual na página de resultados do mecanismo de pesquisa. Saltar do 3º para o 2º na página 1 pode resultar em um pico nas sessões orgânicas, sem mencionar se você conseguir pular da página 2 para a página 1 dos resultados de uma palavra-chave de alto volume.

Você pode ajudar a estimular sessões mais orgânicas criando um título de página relevante e atraente e escrevendo uma meta descrição com um apelo à ação claro e atraente.

O aumento das sessões orgânicas indica que você está ocupando mais espaço nos principais mecanismos de pesquisa, exatamente o que você espera alcançar com uma campanha de SEO em grande escala.

Os esforços de marketing digital e tradicional, on-page e off-page ajudarão você a continuar aumentando o número de sessões orgânicas.

2. Ranking de palavras-chave aumenta

Os rankings de palavras-chave são onde suas palavras-chave específicas são posicionadas nos principais mecanismos de pesquisa, como o Google ou o Bing. Quanto mais próximo do número um, melhor.

Quanto maior o ranking do seu site para palavras-chave de alto volume (termos que são pesquisados ​​com frequência), melhor.

Existem algumas palavras-chave para as quais você irá naturalmente classificar, como o nome da sua marca ou palavras-chave de cauda longa altamente específicas, específicas para o seu serviço e localização. Outros farão parte de uma estratégia de longo prazo em um esforço para ganhar visibilidade para termos competitivos com alta intenção comercial.

O ranking de palavras-chave é um KPI essencial porque é o que os clientes relacionam diretamente com o sucesso do SEO. As melhorias no ranking de palavras-chave são o primeiro ponto de entrada para alcançar outros objetivos principais: mais tráfego, leads e vendas.

Você deve ficar de olho nos rankings de palavras-chave.

As flutuações são normais e as atualizações do algoritmo do Google podem causar uma volatilidade significativa, mas na visão de longo prazo você deve ver o crescimento.

Fique de olho, pelo menos, semanalmente, pois uma queda nos rankings pode indicar um problema em seu site que precisa ser resolvido.

Mas não entre em pânico se vir pequenas quedas. A otimização excessiva é tão ruim quanto a otimização insuficiente.
Seus esforços de otimização na página e fora da página resultarão em melhorias nas classificações de palavras-chave.

Ferramenta de Pesquisa de Palavra-chave WebPeak

9 KPIs de SEO que você deve acompanhar
  • Sugestões de palavras-chave perspicazes mais lucrativas;
  • Sugestões da sua conta Google Search Console (anteriormente Ferramentas do Google para webmasters) em palavras-chave poderosas;
  • Sugestões de palavras-chave obtidas de sites concorrentes.

A ferramenta de pesquisa de palavras-chave agrega muito valor ao seu negócio, você pode melhorar e simplificar a pesquisa e análise de palavras-chave.

Veja como receber sugestões de termos relevantes apra seu negócio:

 

São mais de 16 ferramentas para um marketing digital bem sucedido, que possibilita a visualização completa do funcionamento do site, e dando a oportunidade ao empreendedor de sucesso para vender mais, investindo bem menos.

Leia mais: Entenda a ação visionária da WebPeak que vai te ajudar a vender mais

3. Leads / Conversões

Os dois primeiros fatores de classificação estão relacionados à atração de visitantes do seu site a partir dos mecanismos de pesquisa, mas qual ação você precisa que os usuários executem depois que eles acessarem seu site?

Você deseja gerar um lead que esperamos que seja convertido em uma venda.

Um lead é qualquer tipo de contato com um cliente em potencial. Pode ser um:

  • Inscrição de newsletter;
  • Formulário de contato para envio de mais informações;
  • Chamada telefónica;
  • Inscrição para um webinar;
  • Compra concluída;
  • Se você configurar metas e eventos no Google Analytics, poderá acompanhar leads em várias dimensões:


Você tem uma taxa de conversão mais alta em dispositivos móveis em comparação a computadores? Mais Homens ou mulheres? Qual página consegue gerar mais leads?

Você também pode configurar funis de meta para ver onde as pessoas desistem do processo e fazer melhorias em seu site e fazer uma iteração a partir dele.

Um aumento nos leads não significa apenas que você está atraindo mais visitantes para o site, mas esses visitantes estão concluindo a ação desejada em números cada vez mais altos.

Esse é um KPI essencial, pois se relaciona de maneira tão próxima ao objetivo comercial principal de aumentar a base de clientes e aumentar as vendas.

Para melhorar os resultados desse KPI, concentre-se na otimização da taxa de conversão (CRO) e na experiência do usuário (UX).

Seu site é fácil de navegar?
Os call-to-action (CTAs) são proeminentes e claros?
O conteúdo é confiável e persuasivo?
O usuário pode se mover pelo funil de conversão de maneira fácil e esperada?

4. Taxa de rejeição

9 KPIs de SEO que você deve acompanhar

A taxa de rejeição é uma métrica que mede a porcentagem de sessões em que o usuário carrega a página e sai imediatamente sem executar nenhuma ação. Ela é calculada dividindo o número de sessões não interativas pelo número total de sessões.

Uma taxa de rejeição típica é entre 40 a 60 por cento, o que significa que cerca de metade de todas as sessões devem terminar sem ação. Mas isso vai variar muito dependendo da sua indústria / nicho. A taxa de rejeição é um KPI importante porque uma grande prioridade para os algoritmos dos mecanismos de pesquisa é satisfazer a consulta de pesquisa do usuário.

Quando um usuário pesquisa uma palavra-chave, o Google deseja mostrar a eles os resultados mais relevantes e da mais alta qualidade possíveis para resolver o problema.

Quando os usuários retornam à página de resultados de pesquisa, isso pode indicar que a página de classificação não é relevante, frustrante para navegar ou pode não ser confiável.

No extremo oposto do espectro, uma baixa taxa de rejeição indica que seu site é relevante, fácil / recompensador para navegar e satisfaz um limite mínimo de E-A-T.

Audite rotineiramente as páginas do seu site com alta taxa de rejeição e teste A / B de diferentes abordagens para ver se você pode melhorar esse número.

Não deixe de ler: Conheça o Google Panda, Hummingbird e os principais algoritmos do Google

5. Páginas / Sessão


Páginas por sessão é uma métrica simples que mede, em média, quantas páginas os usuários visitam durante uma sessão. Também conta as visualizações repetidas de uma única página.

O que é uma métrica forte de páginas/sessão? Isso dependerá da profundidade da arquitetura do seu site e da complexidade do seu acompanhamento de conversão.

Se você tiver um site de uma página, uma página por sessão será perfeita (você deverá analisar o tempo no site, nesse caso).

Se você tiver um site com conteúdo pesado voltado para informar o usuário ou um site de comércio eletrônico em que os usuários normalmente visualizam vários produtos e passar por um processo de checkout em várias etapas, você verá, em média, muito mais páginas por sessão.

Assim como outras métricas que acompanham o comportamento do usuário, as páginas por sessão são um KPI importante, pois indicam o valor / qualidade do site e como os usuários navegam por ele.

Ainda assim, ter um usuário visitando 100 páginas não é realmente valioso, a menos que você esteja preparando uma conversão agora ou mais tarde.

Certifique-se de que você tenha CTAs proeminentes e claros, mesmo em páginas internas profundas, para direcionar os usuários para o funil de conversão.

6. Duração Média da Sessão


A duração da sessão mede a duração média de uma visita ao seu site. Quanto mais aprofundado o seu conteúdo e estrutura do site, mais tempo você pode esperar que esta duração seja.

A duração da sessão é um KPI importante, pois indica a qualidade do conteúdo do seu site e o grau de incentivo dos usuários para ficar, ler e clicar mais na arquitetura do site. Se você vir uma queda na duração da sessão, algo mudou para frustrar seus usuários?

Continue a concentrar-se em CTAs proeminentes e claros para converter esse público cativo em um lead ou cliente.

Não deixe de ler: 10 estratégias de marketing para vender mais

7. Tempo de Carregamento da Página

9 KPIs de SEO que você deve acompanhar


Ainda não falamos disso, mas o tempo de carregamento da página é um colaborador subjacente à maioria das métricas discutidas até agora.

Pense em como você se comporta como usuário.

Se um site está demorando muito para carregar, é mais provável que você retorne à página de resultados da pesquisa.

Se um site demorar muito a carregar, é menos provável que você explore páginas mais profundas no site. Também é provável que você tenha menos chances de converter, pois sua primeira interação com essa empresa foi frustrante.

O tempo de carregamento de página ideal varia de acordo com a complexidade do conteúdo e a paciência do usuário, mas a maioria dos usuários abandonará uma página se levar mais de três segundos para carregar.

Com cada segundo adicional de carregamento, espere que a taxa de rejeição aumente como resultado.

Na verdade, uma página que leva 5 segundos para carregar aumenta a probabilidade de uma rejeição em 90% em comparação com uma página carregada em um segundo.

É muito mais fácil otimizar imagens, conteúdo e código durante a digitação, em vez de tentar corrigir uma década de código inchado, imagens em massa e cadeias de redirecionamento

Não deixe de ler: Quem deve se preocupar em ter páginas AMP?

8. Principais páginas de saída

Uma página de saída é a última página visitada por um usuário antes de encerrar a sessão, fechar a guia ou navegador ou procurar por um novo site.

Embora as pessoas estejam saindo do seu site, uma página de saída não é inerentemente negativa - um usuário pode sair da página de agradecimento ou comprar a página de confirmação, tendo uma experiência totalmente satisfeita.

No entanto, se uma alta porcentagem de usuários estiver saindo de uma página na qual você não pretende que sua jornada seja concluída, isso poderá ser uma oportunidade para melhorias em CRO / UX.

Você pode encontrar esses detalhes no Google Analytics navegando para Relatórios de comportamento> Conteúdo do site> Sair das páginas.

Você deve avaliar não apenas o número bruto de saídas, mas também a taxa de saída. Essa é uma porcentagem calculada dividindo o número de saídas pelo número de visualizações de página de uma determinada página.

Se você tiver uma taxa de saída alta para uma página que não seja uma página de saída, as otimizações serão necessárias.

9. Erros de Rastreamento

O Googlebot e outros rastreadores precisam poder ver e acessar totalmente o conteúdo do site para avaliar seu valor e relevância. Se o seu site apresentar erros de rastreamento, isso significa que o Googlebot está com problemas para acessar seu site ou ler seu conteúdo.

Erros de rastreamento podem ser encontrados no Google Search Console.

Você pode testar a rastreabilidade de uma página a qualquer momento usando a ferramenta "Buscar como o Google" no Search Console e selecionando a opção "buscar e renderizar".

Os erros de rastreamento podem estar no erro do servidor, se o Googlebot não puder se comunicar com o servidor DNS, o tempo limite da solicitação ou o site estiver inativo. Os erros de rastreamento também podem estar no nível do URL, se uma determinada página não existir mais ou tiver uma longa cadeia de redirecionamento.

Se você perceber um aumento nos erros de rastreamento, adote uma ação imediata, especialmente se os erros de rastreamento ocorrerem no nível do servidor ou se os erros de URL afetarem as páginas principais.

Separamos também para você: Google Search Console: tudo que você precisa saber sobre Webmaster tools

Conclusão

Ao focar nesses nove KPIs e fazer esforços para ver um aumento mês a mês, trimestre contra trimestre e ano após ano, você também deverá ver um aumento nos KPIs de negócios correspondentes:

  • Clientes;
  • Lucro;
  • ROI.

Aproveite o poder do Google Analytics e classifique o rastreamento, o mapa de calor, os analisadores de velocidade do site e outras ferramentas analíticas para ampliar os pontos fortes e corrigir os pontos fracos de seu website.

Continue nos acompanhando e receba mais dicas para seu negócio!

Até a próxima! :) 

Autor

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

Linkedinhttps://www.webpeak.com.br/victoriaribeiro@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak