NÃO QUERO IR AO EVENTO

Cupom de Desconto VTEX DAY 2019

Utilize o Cupom de 30% Desconto para o VTEX DAY 2019

Cupom de Desconto VTEX DAYCupom de Desconto VTEX DAY

USE O CUPOM: WEBPEAKVTEXDAY

COMPRE COM O CUPOM DE DESCONTO

Alerta! Google já está rebaixando sites mobile com pop-ups irritantes

17/6/2019

Alerta! Google já está rebaixando sites mobile com pop-ups irritantes


Você costuma fazer uso dos famosos pop-ups no site de sua empresa? Então é melhor ficar bem atento a alguns pontos. Recentemente o Google passou a pôr em prática algumas atualizações que podem impactar nos resultados orgânicos de seu site.

 O conceito é muito simples, as páginas que possuem pop-ups considerados  intrusivos poderão sofrer uma queda no ranking da busca via dispositivos móveis nos sites mobile.

A real intenção para essas mudanças é proporcionar  uma experiência ainda melhor aos usuários, permitindo que eles naveguem sem interrupções desnecessárias.

 Para ser mais objetivo, os link que você encontra no Google quando pesquisa algo pelo celular e que está coberto por um enorme pop-up perderá alguns pontos dentro do algoritmo do Google.

 Também não precisa enlouquecer para mudar tudo de imediato, se o seu conteúdo tiver uma relevância considerável ele ainda poderá aparecer nos resultados de busca, mesmo que em sua página tenha algum pop-up inserido. Contudo, é bem provável que perca alguns pontos por justamente atrapalhar a experiência do usuário.

 Trazendo essas mudanças para o SEO, cada uma dessas centenas de fatores precisam ser tratadas com atenção, pois no final das contas a soma de todos eles que farão com que seu conteúdo seja bem ranqueado ou não.

 Tratando-se de experiência do usuário essas atualizações realmente fizeram sentido. Embora algumas empresas tenham enxergado as mudanças como algo prejudicial para os negócios, podemos provar que não é bem assim e não há motivos para pânico. À seguir, vamos dar algumas dicas de como se adaptar a essa atualização e continuar gerando resultados.

Sites mobile: quais técnicas serão afetadas?

sites mobile

Você pode utilizar algumas técnicas que facilitam o acesso ao seu conteúdo e, proporcionar uma boa experiência conforme as diretrizes Google. Mas antes você precisa evitar as que podem causar alguma punição, são elas:

  • Mostrar um pop-up que cobre o conteúdo principal, podem ser aquelas janelas que abrem de imediato após o usuário acessar a página a partir dos resultados da pesquisa, ou enquanto ele olha a página.
  • Exibir um intersticial autônomo que o leitor precisa fechar antes de acessar o conteúdo principal.
  • Usar um layout onde a parte de acima da dobra da página se assemelha a um intersticial autônomo, mas o conteúdo principal está in-line abaixo da dobra.

Sites mobile: quais técnicas não serão afetadas?

Agora podemos ver alguns exemplos de técnicas que podem ser utilizadas de maneira assertiva, e que não são afetadas pelo novo indicador:

  • Intersticiais que são praticamente uma resposta a uma obrigação legal, como por uso de cookies ou para verificação de idade.
  • Caixas de diálogo em páginas em que o conteúdo não é indexável publicamente, como: e-mail, ou conteúdo não indexável que está atrás de uma paywall.
  • Banners compactos que utilizam o espaço mínimo da tela e são facilmente dispensáveis. Exemplos desses banners são os de instalação de aplicativos fornecidos pelo Safari e pelo Chrome, que não interferem na hora da leitura.

Conclusão

sites mobile

De modo geral é bem simples compreender as novas mudanças. Se você não quer que o seu negócio online seja punido, basta não utilizar pop-ups ou anúncios que cubram a página inteira quando um usuário acessa sua página por um dispositivo móvel através dos mecanismos de busca.

E antes de concluir, vale ressaltar algumas questões, pois a nova regra vale apenas para:

  • Dispositivos móveis;
  • Páginas acessadas via busca orgânica;
  • Banners e pop-ups que cobrem toda a tela, salvo exceções citadas acima.

Evite ao máximo propagandas e janelas invasivas que podem dificultar a experiência do usuário e dos sites mobile, ou que façam ele desistir da leitura antes mesmo de começar. Os sites precisam ser responsivos, e quando se trata de conteúdo também pensado para sites mobile, todo cuidado é pouco.

Pense se fosse você no outro lado da corda, com certeza vai perceber que tudo o que você procura através de um dispositivo móvel, muitas vezes se trata de algo emergencial, ou então acessível e confortável para que seja possível consumir um conteúdo de qualidade. Sendo assim, é bem provável que não vai ser nada agradável algo interrompendo a sua leitura a cada 15 segundos.

Às vezes a melhor arma para os negócios é a empatia. Proporcione uma boa experiência de usuário em suas páginas e pode contar com os resultados positivos. Otimize ainda hoje seus sites mobile com as dicas da WebPeak!

Essas são mais algumas dicas de como se manter relevante para o Google. Para mais conteúdos como este, basta continuar nos acompanhando.

Até a próxima

Autor

Mariana Chaves

Produtora de Conteúdo especialista nas palavras que te elevam e levam ao foco do negócio.

Linkedinhttps://www.webpeak.com.brcontato@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak