NÃO QUERO IR AO EVENTO

Cupom de Desconto VTEX DAY 2019

Utilize o Cupom de 30% Desconto para o VTEX DAY 2019

Cupom de Desconto VTEX DAYCupom de Desconto VTEX DAY

USE O CUPOM: WEBPEAKVTEXDAY

COMPRE COM O CUPOM DE DESCONTO

Black Hat SEO: veja o que NÃO fazer

27/5/2019

Black Hat SEO: veja o que NÃO fazer

Com certeza você á assistiu algum filme western, aqueles com cowboys, bang bang e bandidos com chapéu preto. Pois bem, essa foi uma alusão para criar o termo que identifica as práticas negativas de otimização, o famoso Black Hat SEO.

O Google apareceu como uma luz para nossas vidas em meados de 1990, logo, desenvolvedores começaram a estudar formas de ficarem no topo dos resultados de busca, e isso claro, gerou algumas estratégias do mal.

Foi aí que muita gente começou a questionar o motivo para que certas páginas conseguisse um destaque maior, sendo que na maioria das vezes nem atendiam as necessidades do usuário que havia feito uma busca nos mecanismos.

O Google nada feliz com essa enganação começou a rastrear e penalizar sites que praticavam black hat SEO, tornando cada vez mais preciso e relevante as pesquisas dentro do mecanismo.

Dali em diante, todos os profissionais têm buscado fugir dessas práticas para não sofrem nenhum tipo de punição, e o Google muito gentil, disponibilizou as Diretrizes para Webmasters com dicas de mestre que te ajudam na indexação do seu site no buscador, práticas para seguir e lista das técnicas para evitar.

Resumidamente, black hat SEO são técnicas agressivas que não correspondem as diretrizes dos buscadores, mas os manipulam com objetivo de alcançarem o topo correndo o risco de receber punições.

As principais técnicas de Black Hat SEO

O algoritmo do Google passa por atualização constante e sempre surge uma nova técnica de black hat, mas com a mesma rapidez que aparecem são praticamente extintas com o passar do tempo. As mais conhecidas até então são:

Keyword stuffing

black hat SEO

Essa é de longe uma das mais antigas técnicas de black hat que tentam manipular o Google. Ainda existem muitos sites que abusam dessa estratégia que consiste em incluir a palavra-chave o máximo de vezes possível dentro da página, tentando dar mais densidade a keyword e aparentar relevância para os buscadores.

Acontece que desde os anos 2000 o Google tem diminuído a relevância da densidade da palavra-chave, o que significa que o uso exagerado dessas palavras pode gerar uma bela punição.

Para que isso não aconteça com o seu site o ideal é criar conteúdos com naturalidade, mantendo a densidade de suas keywords em 2%, pode ser até menos, e invista nos sinônimos para incrementar a publicação.

Conteúdo oculto

Você pode não encontrar, mas o Google acha. Essa é uma outra estratégia do mal que infelizmente ainda é praticada em alguns sites, mas já está acabando a regalia de quem pratica esse tipo de black hat.

Para quem desconhece, o conteúdo oculto é quando as palavras-chaves, links e outros termos relevantes são inseridos dentro de uma página, sem necessariamente mostrar ao usuário.

Existem algumas formas de empregar essa técnica, são elas:

  • Aplicar o texto na mesma cor do fundo do site;
  • Reposicionar o texto para fora da página via CSS;
  • Alterar o tamanho da fonte para o.

Contudo, o Google já está esperto com essa estratégia e consegue mapear essa prática dentro dos sites e penalizar por isso. Sendo assim, nunca coloque um conteúdo oculto em qualquer uma das suas páginas.

Conteúdo duplicado

Plágio! Nem na internet isso cola mais. Conteúdo bom, é conteúdo original e relevante para quem acompanha um determinado site. E por esse motivo a famosa prática do copia e cola é um motivo de punição para Google.

Essa questão na verdade é muito simples de entender, digamos que existam dois conteúdos idênticos para ser rankeado pelo Google, ele irá priorizar apenas um e geralmente será aquele que foi publicado primeiro. Os demais são ocultados dos mecanismos de busca.

Agora, se você for daquele tipo de cópias excessivas, não vai demorar muito para suas páginas se tornarem SPAM, e aí sim o sofrimento vai ser maior, pois corre o risco do seu site ser até mesmo banido dos mecanismos de busca.

Mas, não pense que se trata apenas de artigos copiados não, você também precisa estar atento a algumas configurações no seu próprio site para corrigir problemas comuns que podem ser considerados conteúdos duplicados, como paginação do site, conteúdos semelhantes e uma versão mobile do site, por exemplo.

Linkfarm

A máfia da internet. Basicamente são “parceiros” que se juntam para gerar links entre si, na intenção de melhorar o pagerank de todos os sites. Se fomos ver para o lado comunitário é até bonito de ver, mas quanto ao black hat, é melhor tomar cuidado.

Para identificar um sites que ainda utilizam linkfarm não é muito difícil, geralmente são que possuem uma diversidade de links para sites sem nenhuma relevância.  Essa estratégia já está se tornando coisa do passado, e o Google não exita em punir quem pratica essa técnica.

Links pagos

Quando se paga um site para gerar links para suas páginas, isso é considerado um link pago. Que sejamos sinceros, se o Google penalizar por isso não vai valer a pena o dinheiro investido.

A forma que o Google tem de analisar se você pratica essa técnica é a seguinte: se você vende produtos de beleza, porque tem um site de artigos automotivos apontando para você? Ou então, como foi que você recebeu mais de 1000 links do dia para noite?

Tais práticas levam o site para observação, pois isso pode ser um indício de black hat, e se for confirmado a penalização pode sair caro.

Vale lembrar que todo conteúdo publieditorial também é considerado link pago, sendo assim é sempre bom colocar a marcação nofollow nos links, para indicar aos robôs dos buscadores que não se deve passar nenhuma autoridade para determinado site.

As punições do Google

black hat seo

Se você não seguir as diretrizes do Google, seu site poderá receber uma punição,  e isso acontece de acordo com a gravidade da infração que é determinada pelo volume de irregularidades e pela sua influência sobre o desempenho do site.

Algumas punições são:

  1. Queda de 30 posições no ranking;
  2. Queda de 50 posições;
  3. Queda de 950 posições;
  4. Banimento do Google.

Deixando de pré aviso, caso seu tráfego orgânico caia de uma hora para outra, pode haver grandes chances de você ter recebido alguma punição.

Conclusão

Bancar o esperto não é legal. Existem muitas pessoas que estão batalhando muito para ter o seu tão merecido espaço no mercado digital, e conseguem alcançar de forma limpa.

Claro que, para que isso aconteça leva um tempo, o site é acompanhado, o número de leads aumentam, são avaliados, mas vale bem mais a pena do que praticar black hat SEO e mais para frente ser penalizado por tudo isso.

Se organizar direitinho, todo mundo sai ganhando e bem posicionado nos mecanismos de busca.

Até a próxima!

Autor

Mariana Chaves

Produtora de Conteúdo especialista nas palavras que te elevam e levam ao foco do negócio.

Linkedinhttps://www.webpeak.com.brcontato@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak