NÃO QUERO IR AO EVENTO

Cupom de Desconto VTEX DAY 2019

Utilize o Cupom de 30% Desconto para o VTEX DAY 2019

Cupom de Desconto VTEX DAYCupom de Desconto VTEX DAY

USE O CUPOM: WEBPEAKVTEXDAY

COMPRE COM O CUPOM DE DESCONTO

Como Funciona a Monetização do Youtube

17/12/2018

Como Funciona a Monetização do Youtube

Saber como funciona a monetização do Youtube é fundamental para quem quer ganhar dinheiro com vídeos. Apesar de ser bem simples, existem vários detalhes que precisam ser administrados com atenção.

Bora entender como fazer seu trabalho render?

Por que é importante entender como funciona a Monetização do Youtube?

O Youtube não é uma plataforma de vídeos; é uma plataforma de publicidade. Para entender como funciona a monetização do Youtube, é importante saber que os anunciantes são a prioridade, não os criadores de conteúdo.

Com o dinheiro obtido através dos anúncios, o Youtube consegue:

  • dar um grau nos projetos da empresa, como o Youtube Premium;
  • pagar os criadores de conteúdo;
  • pagar a galera que trabalha na plataforma.

Bota a mãozinha na consciência e pensa: é mais fácil encontrar criadores de conteúdo ou novos anunciantes? Pois é.

Se os anunciantes começam a achar que não vale a pena, eles simplesmente vão deixar de investir. E o cenário que sucede não seria nada bonito:

  • migração dos criadores de conteúdo para plataformas concorrentes;
  • redução da produção de material para a plataforma;
  • menos afiliação de marca e publicidade;
  • R.I.P. youtube.

Como funciona a monetização do Youtube

Como funciona a Monetização do Youtube: passo a passo para começar a Ganhar Dinheiro

Ao criar um canal no Youtube, já é possível começar a publicar conteúdo gratuitamente. Até poucos meses atrás, você também poderia começar a ganhar dinheiro imediatamente.

Compreender como funciona a monetização do Youtube nesse período é bem simples. O Google direcionava os anunciantes interessados e cuidavam de todas as etapas necessárias.

Uma porcentagem do valor, cerca de 45% a 55%, era repassado para o criador de conteúdo. O restante ficava com o Youtube.

Entenda como Funciona o Youtube na Prática!

1º passo - Habilite os anúncios no seu canal

Acesse a aba “gerenciador de vídeos” do seu canal e selecione todos os vídeos que você deseja monetizar. Se você tem centenas de vídeos, é muito improvável que você vá selecionar um por um para ativar os anúncios. Isso levaria uma quantidade absurda de tempo.

Você pode otimizar o seu trabalho clicando no item “Ações”, que selecionará todos os vídeos na página que está na tela.

Mas se você quer monetizar todos os seus vídeos, todinhos mesmo, basta clicar em “selecionar todos os vídeos”.

2º passo - Escolha os tipos de anúncio que você deseja exibir

Agora que todos os vídeos estão selecionados, basta clicar em “adicionar ações” e, em seguida, “formatos de anúncios”. Daí é só definir quais tipos de anúncios que você exibir nos seus vídeos. Há cerca de 5 opções e, caso queira, você pode selecionar todos.

Aqui na WebPeak, nós sugerimos que você faça uma análise de diretórios para geração de links antes de escolher os tipos de anúncios.

Esse serviço mostra quais são os melhores sites para ligar ao seu site e te dão um norte para onde seguir.

3º passo - Configure a forma de pagamento

Essa é a parte mais importante de como funciona a monetização do Youtube. Com os anúncios no lugar, você precisa configurar como receberá o dimdim.

Se você é menor de 18 anos, seus responsáveis legais precisam associar a conta bancária deles ao seu canal do Youtube para que você possa receber.

Mas se você já chegou no estágio de escolher velas de aniversário sem número, basta escolher entre os meios de pagamento disponíveis. Transferência bancária, PayPal… make your choice.

4º passo - Ganhe seu dinheirinho

A forma de pagamento está configurada, os anúncios estão nos vídeos, mas… e o dinheiro?

O Youtube tem um valor mínimo, que varia entre os países, para que você possa solicitar a retirada. Nos Estados Unidos, por exemplo, os criadores de conteúdo precisam acumular 100 dólares antes de botar a mão na bufunfa.

novas regras de Monetização no Youtube

Quais são as novas regras de Monetização no Youtube?

Em janeiro de 2018, a maneira como funciona a monetização do Youtube mudou bastante.

Agora é preciso provar que você está comprometido com a plataforma, criando vídeos de alta qualidade, antes de começar a ganhar dinheiro.

Anteriormente, para participar do Programa de Parceiros do Youtube, bastava ter 10.000 visualizações públicas, sem qualquer requisito específico para o horário de visualização anual.

Atualmente, para solicitar a monetização (e ter anúncios anexados aos vídeos), os criadores de conteúdo devem cumprir alguns requisitos…

Ter contabilizado 4.000 horas de exibição geral em seus canais no último ano e ter pelo menos 1.000 inscritos.

Isso significa que os canais que não atingirem o limite não poderão mais gerar receita com anúncios.

Calma! Você não precisa produzir ou assistir tudo isso de conteúdo. Basta atrair público suficiente para que o tempo total de exibição do seu canal seja equivalente a essas exigências.

Por exemplo, se você fez um vídeo de 60 minutos, subiu no seu canal e 4.000 mil pessoas viram esse vídeo, então você teria alcançado a meta.

Leia também: Como abrir um canal no Youtube.

Quem sofre com a nova monetização do Youtube?

Os principais afetados pela mudança de como funciona a monetização do Youtube são os criadores de conteúdo independente e canais menores.

Como você pode imaginar, a reação dos youtubers menos conhecidos foi instantânea e implacável.

As críticas oscilavam entre o receio de perder dinheiro com o canal e a sensação de estar tomando um pé na bunda pelo Youtube.

De acordo com o Youtube, essa é uma maneira de melhorar a qualidade do conteúdo na plataforma e desqualificar aqueles que não seguem as diretrizes da empresa.

Com os padrões mais elevados, a empresa também impedir que conteúdos potencialmente inapropriados gerem receitas.

O que esperar da monetização do Youtube em 2019?

Quando o assunto é entender como funciona a monetização do Youtube, os espectadores são a parte mais importante da equação.

Com bilhões de espectadores ao redor do mundo conectando-se diariamente para assistir a algo, o potencial monetário é enorme.

Não é de se estranhar que muita gente queira entrar no barco. O problema é que os vídeos nem sempre são de boa qualidade ou respeitam os direitos humanos.

A fim de controlar mais de perto que tipo de conteúdo está sendo produzido e promovido na plataforma, o Youtube criou uma equipe de moderação com 10.000 pessoas.

Combinado com algoritmos sofisticados, a tendência é que os resultados sejam cada vez mais relevantes para o usuário.

Curtiu? Assine nossa newsletter para receber conteúdos como este. 😃

Autor

Camila Nogueira

Socióloga em formação, é apaixonada por entender o comportamento humano diante das novas tecnologias.

Linkedinhttp://www.webpeak.com.brcontato@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak