NÃO QUERO IR AO EVENTO

Cupom de Desconto VTEX DAY 2019

Utilize o Cupom de 30% Desconto para o VTEX DAY 2019

Cupom de Desconto VTEX DAYCupom de Desconto VTEX DAY

USE O CUPOM: WEBPEAKVTEXDAY

COMPRE COM O CUPOM DE DESCONTO

Como funciona o Google

18/5/2018

Como funciona o Google

Algumas pessoas não sabem, porém quando falamos em buscas no Google existem uma série de fatores ligados para que tudo ocorra de forma rápida e objetiva para os usuários.

Atualmente o número de usuários que realizam suas pesquisas na internet chega a ser surpreendente, são mais de 3,5 bilhões de buscas todos os dias, e desde do início em 1998 já se passaram 60 trilhões de sites indexados.

Sim, é muita coisa, e passa despercebido com o avanço diário da tecnologia. Em meio a tantos dados nosso único foco é disputar um espaço nesse mar de informações. Mas a pergunta que continua entre nós é:

Como estar na primeira página do buscador em meio a tantos concorrentes?

De forma bem simples, podemos dizer que as buscas no Google são basicamente divididas em 2 tipos de resultados:

  • Resultados pagos
  • Resultados orgânicos
Saiba mais sobre: Google Tools

1 – Resultados pagos

Os resultados pagos são todos aqueles anúncios que aparecem nos resultados de busca via Google AdWords, e aparecem sempre acima dos resultados orgânicos.

Estes anúncios são classificados de um jeito diferente dos resultados orgânicos, é muito conhecido como CPC (Custo Por Clique), o que remete a índice de qualidade desses anúncios e outros fatores.

2 – Resultados orgânicos (gratuitos)

Os resultados orgânicos são os mais concorridos na internet, pois são uma forma de conseguir leads e compradores de forma gratuita. Funciona da seguinte forma, o Google classifica esses resultados de acordo com seu algoritmo de busca, e enumera quais são os conteúdos mais relevantes.

Esses resultados aparecem logo após os anúncios pagos, e caso o seu conteúdo esteja na primeira colocação no ranking as chances de receber mais visitas se torna muito maior que os demais resultados.

como-funciona-o-google

Como o algoritmo do Google funciona

Podemos imaginar o Google como uma grande biblioteca, com todo tipo de conteúdo e informações valiosíssimas. Porém, assim como em qualquer biblioteca com diversas opções, você também encontrará várias ideias e autores falando sobre o mesmo tema. Para otimizar sua busca é preciso seguir os seguintes passos:

  • Limitar o tema relacionado ao assunto;
  • Observar o título, o subtítulo, a capa, o índice, o sumário e um pouco do conteúdo;
  • Identificar quais as melhores obras e autores mais reconhecidos;
  • Lembrar das indicações já recebidas previamente;
  • Classifica os melhores de acordo com a relevância;
  • Escolhe um ou mais livros após essa seleção;

O mesmo vale para o Google, ele escolhe as páginas que definem melhor cada tema e classifica de acordo com a relevância de cada conteúdo. Por isso é muito importante aplicar as estratégias de SEO dentro do site.

Não deixe de ler: Faça SEO grátis por 5 dias com a WebPeak

Entendendo como a busca do Google Funciona

Para descobrir as páginas que foram publicadas e estão disponíveis o Google possui um sistema de “crawlers”. Tudo se resume em entrar de link em link para classificar as páginas,  as únicas que não entram no rastreamento são aquelas que possuem uma identificação com códigos “nofollow” ou “noindex”, ou seja, as que não devem ser encontradas.

O rastreador utilizado é mais conhecido como “Googlebot”. Estes são os robôs do Google que vasculham as páginas disponíveis e leem todo conteúdo indexado, passando por todos os endereços linkados e trazendo os dados sobre essas páginas nos servidores do Google.

Existe uma outra forma do Google descobrir um conteúdo, neste caso a própria empresa precisa criar um sitemap. O sitemap consiste em uma lista com todas as páginas do seu site, em que é enviada as ferramentas de busca, o que facilita na indexação.

Separamos um vídeo rápido e explicativo sobre o funcionamento do mecanismo de busca do Google, assiste aí!

 

Informações, buscas e indexação

Após os dados serem fornecidos através dos sitemaps pelos sites dá-se início ao processo de rastreamento. Quando os endereços são visitados os crawlers verificam os links para outras páginas e as visitam também. Geralmente o Google tende a dar uma atenção diferenciada a novos sites, alterações em páginas já existentes e links inativos. Assim é possível manter sua base de dados sempre atualizada.

Os robots do Google determinam quais sites precisam ser rastreados, com que frequência e quantas páginas devem buscar em cada site. Infelizmente não é possível pagar ao Google para que seu site seja rastreado com mais frequência, o que de certa forma deixa o jogo justo e a relevância do conteúdo ser confiável. Afinal, o principal objetivo do buscador é identificar os melhores resultados para oferecer as melhores experiências aos usuários.

Assim que o Google encontra uma página ele faz uma espécie de cópia no servidor. Essa é uma forma de dizer que a página foi indexada, ou seja, já está na lista do Google e pode aparecer como resultado de pesquisas se o Google desejar.

como-funciona-o-google

Como funciona a indexação e a organização das informações

Quando o Google insere todas as páginas em sua biblioteca chega à hora de entrar a parte mais sofisticada da ferramenta, que no caso é a avaliação de qual será a resposta que irá atender melhor as expectativas do usuário.

Ao fazer uma pesquisa no Google, o algoritmo consegue processar em milésimos de segundos uma análise de vários critérios, ele procura entender quais são as páginas com o maior índice de ideais para atender aos termos buscados através das palavras-chaves.

Existem dois pilares extremamente importantes que fazem correlação entre à página e o que o usuário pesquisou, são elas: conteúdo, autoridade do site e experiência do usuário.

Cada um desses pilares tem uma importância que é crucial para o posicionamento no Google. É necessário conteúdos muito bem elaborados e que agreguem valores aos usuários.

Para conseguir um bom posicionamento também é preciso que os usuários tenham uma boa experiência em suas visitas, só assim seu site consegue ganhar autoridade no tema proposto.

Considerações finais

Tudo o que foi mencionado neste artigo é apenas o início do caminho em relação ao Google e ao SEO. É sempre bom estar atento à todos os fatores de ranqueamento para conseguir se destacar no posicionamento do Google, contudo o fator predominante ainda é o conteúdo de qualidade dentre todas as demais estratégias.

Construa uma linha de conteúdo onde prevaleça informações únicas e relevantes para o seu público-alvo, mesmo que não esteja entre os primeiros resultados inicialmente, esse tipo de conteúdo pode criar um grande engajamento melhorando seu posicionamento futuramente.  

Agora que você já sabe como o Google funciona, você já pode começar a aplicar no seu site lendo o nosso passo a passo para aumentar acessos do seu site e melhorar o marketing de conteúdo da sua empresa.

Continue nos acompanhando para se manter atualizado e não deixe de assinar nossa newsletter.

Até breve!

 

 

Autor

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

Linkedinhttps://www.webpeak.com.br/victoriaribeiro@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak