Como vender no Mercado Livre

6/8/2018

Como vender no Mercado Livre

Com certeza você já pensou na possibilidade de seu produto ser divulgado nos sites que possuem maior acesso no país e no mundo. Imagina seu produto sendo divulgado sem você se preocupar com a logística, atendimento e receber apenas lucro?

Isso é possível através do Marketplace.

Talvez você já tenha escutado ou lido sobre este termo em algum lugar e, inclusive já tenha comprado um produto ou até mesmo, tenha visitado um marketplace na internet recentemente.

Este termo não é novo, mas tem ganhado bastante destaque no cenário nacional e internacional nos últimos anos. Ele vem do inglês market, que significa "mercado" e place, que significa "lugar".

O Marketplace pode ser realizado em um espaço físico ou em um espaço virtual. É um tipo de comércio online no qual dentro de um único site, diversas empresas podem vender seus produtos sem arcar com custos de um e-commerce, conhecido como shopping online ou e-shopping. Com a evolução da internet, cada vez mais pessoas e negócios, começaram a se conectar e usar este canal para aumentar a visualização e distribuir seus produtos.

Este termo não é novo, mas tem ganhando bastante destaque no cenário nacional e internacional nos últimos anos. Ele vem do inglês market, que significa "mercado" e place, que significa "lugar".

Leia também: Porque o SEO te ajuda a vender nos marketplaces

Marketplace e E-commerce são coisas diferentes!

O grande diferencial do Marketplace e E-commerce está na descentralização dos estoques e, a maior probabilidade de produtos variáveis, que no caso do marketplace é praticamente infinita.

Dentre os principais fatores que diferenciam o Marketplace do E-commerce, estão o formato de receita, formato jurídico, gerenciamento de estoque, grau de abertura de novas lojas e produtos, entre outros aspectos.

Na tabela abaixo, procuramos deixar evidente quais as grandes diferenças, que afetam diretamente na operação de um E-commerce ou Marketplace e seu faturamento.

Como vender no Mercado Livre

E-commerce é definido como comércio virtual, ou seja, está envolvido em um processo de plataforma, administração de vendas, atendimento, comércio de produtos ou serviços, pagamentos, publicidade e estratégia de negócios.

E quando falamos apenas na gestão de vendas onde não há controle de logística, estamos de um marketplace. Ou seja, é um site utilizado apenas como um grande mercado (lugar mercadológico).

Conceitos básicos:

  • Cauda Longa: Apresenta uma das principais vantagens do modelo de marketplace, permite o acesso a produtos e serviços que antes seriam inalcançáveis ou simplesmente nunca conhecidos.
  • Comissão: Taxa cobrada pelo marketplace sobre o volume de vendas realizados. Esta taxa poderá variar de acordo com o perfil de produto ou serviço disponibilizado.
  • Prazo de Pagamento: Em geral, o prazo de pagamento pode variar de 2 dias a 45 dias após a postagem ou entrega do pedido. Pois é necessário garantir que a entrega será realizada e o pagamento somente será liberado após este procedimento ser encerrado com sucesso.
  • Mediador Financeiro: É a instituição de pagamento responsável por intermediar as transações financeiras realizadas entre compradores e vendedores, garantindo segurança para ambos os lados.
  • Liquidez de Produtos: Essa taxa considera o número total de produtos com vendas e os divide pelo total de produtos geral. Este indicador apresenta o grau de maturidade e, a probabilidade de alguma venda ser realizada.
Saiba também: As melhores plataformas de ecommerce para PME

Como vender no Mercado Livre

Como vender no Mercado Livre

O Mercado Livre é o Marketplace mais tradicional da América Latina, que realiza milhões de transações todos os anos e processa bilhões de dólares, de milhões de vendedores, para milhões de compradores. Esses dados impressionam, não é mesmo?

Mas eles são reais, e você pode se inserir nessa dinâmica com os passos que vamos apresentar a seguir!

1º passo como vender no Mercado Livre: Cadastre-se no site

Este primeiro passo é o mais simples de como vender no Mercado Livre, entretanto, muitas pessoas ainda erram no trajeto. Faça o cadastro e coloque sempre todos os dados corretos, pois o Mercado Livresolicita os documentos da empresa, e devido a isso só serão aceitos se o nome do titular estiver na conta do contrato.

Dessa forma, nada de cadastrar no nome do amigo, mãe, pai ou namorada. Evite problemas futuros e frustrações, siga os caminhos certos!

2º passo como vender no Mercado Livre: Escolha o nome para o seu perfil

Escolher um bom nome para seu perfil é uma das mais importantes, já que o nome e logotipo ficarão expostos no perfil e é o primeiro contato que o cliente tem com a marca.

Outro ponto importante é que com o nome da loja que o cliente faz buscas no Google para saber se ela está envolvida com reclamações. E a questão é justamente essa: muitos vendedores não dão a atenção necessária nesta seção, e por isso, não obtém tanto sucesso na plataforma.

E por ser uma plataforma aberta, você obviamente pode vender o que quiser. Se você tem um nicho específico, foque nele. Mas, se existe a possibilidade de vender diversos segmentos de produtos, escolha um nome genérico que representa vendas no geral. Desse modo, sempre que você for vender algum produto diferente do que costuma vender, as pessoas não vão estranhar o nome que está no perfil.

Outra informação importante é que assim que você escolher o nome do seu perfil, você deve verificar se já existe um domínio registrado, em caso negativo, faça o registro, você poderá precisar desse nome em sua loja virtual futura.

Saiba mais: 9 Dicas para melhorar a gestão de estoque em sua loja virtual

3º passo como vender no Mercado Livre: Capriche na escolha do logo e template do seu perfil

Como vender no Mercado Livre

Para dar um aspecto profissional ao ser perfil, escolha o logotipo de boa resolução e um template com o mesmo nível. Eles serão a fachada da sua loja, e por isso, devem harmonizar com os produtos. Este passo é muito importante para passar credibilidade aos seus futuros clientes.

Alguns profissionais vendem o template por um preço acessível e ajudam a instalá-lo. Transmitindo profissionalismo e confiança ao cliente, será muito mais fácil fechar a compra. Além do template e logo, outras ferramentas ajudam na comunicação entre cliente e empresa, como os e-mails marketing, que podem ser acessados na aba Ferramentas do site.

Não deixe de ler: Ferramentas de Email Marketing para campanhas inesquecíveis

4º passo como vender no Mercado Livre:  Hora de escolher os produtos para vender

Ofertas do Mercado Livre funcionam através por meio de anúncios, devido a isso, sempre que você for cadastrar um produto, lembre-se que estará cadastrando também um anúncio.

Para você realizar vendas de um produto na plataforma é essencial especificar o tipo de produto/serviço que estará à venda.

Após esse processo, coloque um título no seu anúncio (título do produto). Prefira usar um nome que descreva exatamente o que você quer vender. Nesse sentido, assim que escolher o nome, o Mercado Livre sugere a categoria e você seleciona as subcategorias que irão aparecer.

 Você mesmo seleciona a cor do produto, tendo a possibilidade de escolher também as cores secundárias. Finalize informando tamanho, quantidade de estoque e muitas fotos do produto (boa qualidade) e claro, com uma boa descrição. No final da página, seleciona a opção “novo” ou “usado”.

Em seguida, insira o valor do produto. O Mercado Livre te oferece a opção de anúncios grátis e avisa sobre a baixa visibilidade nas buscas do anúncio clássico.  Vale lembrar que no Mercado Livre, você precisa anunciar para obter bons resultados de vendas.

Como vender no Mercado Livre

Resumo dos passos para você compreender como vender no Mercado Livre:

Passo 1:  Cadastre-se no site. Faça isso rapidamente utilizando o próprio Mercado Livre;

Passo 2: Escolha o nome para o seu perfil. Busque utilizar um nome fácil ou que seja o mesmo do seu negócio, caso já possua;

Passo 3: Capriche na escolha do logo e template do seu perfil. Preencha todos os dados do perfil, afinal, irá ajudar o comprador a tomar a decisão.

Passo 4: Hora de escolher os produtos para vender. Escolha produtos que saem bastante na sua loja ou que já existam no Mercado Livre. Não esqueça de criar uma boa descrição e subir boas fotos.

Leia mais: Da imaginação à realidade: como ter sucesso em vendas

Com essas dicas ficou fácil compreender como vender no Mercado Livre. Não deixe de nos acompanhar e receba mais dicas para seu negócio!

Até a próxima :)

Autor

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio

Linkedinhttps://www.webpeak.com.br/victoriaribeiro@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak