NÃO QUERO IR AO EVENTO

Cupom de Desconto VTEX DAY 2019

Utilize o Cupom de 30% Desconto para o VTEX DAY 2019

Cupom de Desconto VTEX DAYCupom de Desconto VTEX DAY

USE O CUPOM: WEBPEAKVTEXDAY

COMPRE COM O CUPOM DE DESCONTO

Entenda como funciona o algoritmo do Facebook

14/8/2018

Entenda como funciona o algoritmo do Facebook

O Facebook é mestre nas atualizações, assim como nos testes dos algoritmos de ranqueamento, por conta disso, os profissionais de marketing do mundo inteiro tendem a passar mal todas as vezes que é lançado uma novidade na rede social mais acessada.

Nem é preciso ser um gênio para deduzir o porquê das dores de cabeça, afinal a maioria das empresas estão no Facebook e dependem muito dessa plataforma para divulgação de seus produtos e serviços.

Não faz muito tempo que um desses testes causou polêmica na rede social, a novidade foi que o Facebook escolheu seis países — Bolívia, Guatemala, Eslováquia, Sérvia, Sri Lanka e Camboja — para uma análise no qual apenas publicações de amigos e família apareciam no feed de notícias. Realmente por aqui isso não daria certo.

Contudo, isso acabou sendo um baque também nesses países, onde não apareciam nada de posts das páginas. Para quem está no mercado isso não pareceu muito bom,  ter que pagar para inserir publicações da empresa na página inicial da rede social acabaria se tornando obrigatório para todos. Adeus praticidade! Logicamente que  os testes foram por água abaixo e o Facebook negou que pretende fazer isso no futuro.

É por essas e outras que estão sempre aparecendo por aí que é sempre interessante saber, de forma oficial, como o algoritmo do Facebook funciona.

No mês de outubro de 2017, o Facebook lançou um vídeo em que explica como feed de notícias funciona. Na mesma ocasião, também tornou públicos alguns princípios para publishers que desejam ser bem-sucedidos no site.

Leia também: Conteúdos que fazem sucesso no Facebook

Como funciona o algoritmo do Facebook?

Entenda como funciona o algoritmo do Facebook

Adam Mosseri, vice-presidente de product management da rede social, começa ressaltando que seu objetivo é conectar as pessoas às publicações que mais lhe interessam, ou o que mais procuram. E que, para que isso seja possível, o Facebook utiliza um algoritmo, que chama de Ranking.

Ele também explica de maneira simples que, um algoritmo é uma fórmula, com alguns passos, e tem como objetivo resolver um determinado problema. Mas a ideia é um pouco abstrata. Por isso, dá um exemplo prático:

“Digamos que eu esteja esperando pela minha esposa em um restaurante e que ela esteja atrasada. Ela me manda uma mensagem pedindo para fazer o pedido. Neste momento, tenho um problema para resolver. Preciso decidir qual comida peço para ela. E esse problema pode ser dividido em etapas...”

Segundo Adam, a primeira coisa que ele faria seria checar os pratos disponíveis no cardápio, já que não é possível pedir algo que o restaurante não possua no menu.

Em seguida, consideraria todas as informações disponíveis para tentar tomar uma decisão. Dados como: será que ela gosta de peixe? Será que não gosta de hambúrguer? É hora do almoço ou da janta? O que esse restaurante tem de bom? O que ela comeu no almoço de ontem?

Dessa forma, é possível estimar a probabilidade de ela ficar feliz com determinada escolha.

No Facebook, cada uma dessas etapas tem um nome.

 

Não deixe de ler: Como criar anuncio no Facebook

Inventário

A primeira etapa a ser levada em consideração para o ranqueamento é chamada de Inventário.

No feed de notícias, o cardápio do restaurante são as histórias das páginas que você tem, seja de pessoas da família, amigos e fanpages que você segue que ainda não foram visualizadas.

Sinais

A segunda etapa é chamada de Sinais, onde há informações disponíveis para tomar decisões.

Estes sinais são apresentados através de dados importantes como quão antiga uma publicação é, quem a publicou, quão rápida é sua conexão, e até qual o tipo de celular que utiliza para acessar o aplicativo.

“Confiamos nos sinais e nos feedbacks da comunidade para decidir qual conteúdo pode ser considerado problemático, como conteúdos violentos, spam, publicações caça-cliques”, explica.

Predições

O Facebook utiliza os sinais para tentar fazer Predições, essa é a terceira etapa, que determina quão suscetível a curtir ou compartilhar determinada publicação, ou mesmo a escondê-la ou denunciá-la, você está.

Essas predições são pesadas e cada publicação recebe uma nota, que diz quão interessado o Facebook pensa que você está em determinada publicação disponível no seu inventário.

Os posts, então, são ordenados de acordo com essa pontuação, do mais interessante para o menos interessante.

Essa é a maneira atual que o Facebook usa para classificar o que aparece na linha do tempo de todos os usuários.

 

Separamos para você: Facebook: como impulsionar seu negócio através dessa rede social

Considerações Finais

Essa é a forma que o algoritmo do Facebook funciona, faça suas publicações de forma relevante para que esteja sempre nos feed de notícias dos seus amigos e seguidores na rede social.

Esperamos que esse artigo tenha ficado claro com relação ao algoritmo do Facebook. Para ter acesso a mais conteúdos como este basta continuar nos acompanhando, e assinar nossa newsletter para receber conteúdos exclusivos.

Até a próxima!

 

Autor

Mariana Chaves

Produtora de Conteúdo especialista nas palavras que te elevam e levam ao foco do negócio.

Linkedinhttps://www.webpeak.com.brcontato@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak