Esqueça o Google Adwords, conheça o SEO!

3/1/2018

Esqueça o Google Adwords, conheça o SEO!

Estar no topo do mecanismo de busca do Google é a maior meta das empresas, uma vez que o número de visitas em sites aumenta consideravelmente. Por conta disso, muitas empresas têm investido em estratégias de marketing para melhorarem seus resultados.

Existem duas formas para deixar seu site no topo do Google, são elas o SEO (Search Engine Optimization) e o Google Adwords, ou links patrocinados. Contudo existem dúvidas sobre qual das duas funções é melhor, ou mais viável, para elevar a posição de sites.

Neste post você irá descobrir qual é a melhor escolha para dar aquele “UP” no seu site, e garantir que ele fique entre os primeiros no Google.

Se você deseja investir na internet, é preciso conhecer e entender algumas coisas, entre elas está a diferença entre busca orgânico (SEO) e links patrocinados (Ads).

LINKS PATROCINADOS - ADS, PPC:

São resultados (anúncios) que aparecem em determinadas buscas, a ordem em que aparecem depende de dos fatores: valor a ser pago por cada clique e relevância/qualidade do anúncio.

Leia também: SEO On Site com WebPeak

O que é Google Adwords?

O Google AdWords é o sistema de publicidade do Google em que os anunciantes fazem lances em determinadas palavras-chave, para que os seus anúncios apareçam nos resultados de pesquisa do Google.

Nessa ferramenta, preferida de muitos profissionais, é possível divulgar todos os tipos de anúncio a partir de duas redes: a rede de pesquisa e a rede de display.

Na rede de pesquisa que são os resultados de busca do próprio site Google, os anúncios são em formato de texto. Para definir o posicionamento dos anúncios é feito um leilão.

rede de display é composta pelos sites que participam do programa de afiliados da Google, o Google Adsense que são milhares de sites na internet.  Através da rede e display você pode fazer anúncios de diversos tamanhos e inclusive anúncios gráficos. Você pode também anunciar no You Tube com anúncios de vídeo, texto ou gráficos.

A segmentação dos resultados na rede de pesquisa são por meio de palavras-chave ou termos pesquisados. Já na rede de display os resultados são por tipos e segmentos de negócios, sempre relacionado as palavras que contém o site onde os anúncios são exibidos.

Como funciona o Google Adwords

O Google Adwords é uma plataforma de publicidade do Google. Neste serviço são exibidos anúncios em forma de links patrocinados que aparecem nos resultados de busca, diretamente relacionado às palavras-chaves.

O sistema de anúncios do Google Adwords é pago, o anunciante paga pelas palavras-chaves que aparecem no Google, assim o site consegue atingir visitas através do anúncio publicado.

Por mais que pareça simples, essa ferramenta pode trazer algumas dores de cabeça para quem quer resultados imediatos. Leva tempo para aprender a manusear corretamente suas funções, embora seja eficaz, muitas empresas acabam perdendo dinheiro por não saber se posicionar.

Outro ponto importante a ser destacado é, que o Google Adword é como se fosse uma grande negociação. Você determina quanto está disposto a pagar por anúncio, e o Google faz a análise para saber onde seu anúncio pode ser encaixado. Dependendo do valor investido você poderá não ter o retorno desejado.

Esta ferramenta é muito usada em estratégias de marketing, mas demanda um investimento que às vezes não é cabível para algumas empresas, ou simplesmente não querem aplicar um valor que pode ser investido em outras estratégias.

Não deixe de ler: Como o SEO vai trazer seu primeiro pedido
O melhor resultado para a busca do usuário.

Como funciona o SEO

Uma das opções mais estudadas do momento é o SEO (Search Engine Optimization), ou otimização para mecanismos de busca. O SEO é um conjunto de técnicas que ajuda a colocar seu site no topo dos resultados de busca. Além de facilitar a visualização do conteúdo para os motores de busca, SEO também ajuda a impulsionar o rankeamento de sua página, de modo que o conteúdo será encontrado nas primeiras páginas, onde os usuários vão encontrá-lo mais facilmente.

A Internet está se tornando cada vez mais competitiva e as empresas que realizam SEO teram uma vantagem decidida no número de visitantes e clientes.

Essas configurações conseguem gerar um tráfego melhor e garantem a autoridade das suas páginas. O conceito do SEO é muito simples, quanto mais otimizado o seu site estiver, melhor será os resultados e a indexação do seu site no Google.

Com o SEO você consegue ficar atento a melhorias tanto na estrutura, quanto no conteúdo do seu site.

Tudo isso levando em consideração quatro pontos extremamente importantes:

1.    Palavras-chaves;

2.    Relevância do conteúdo;

3.    Link Building;

4.    Experiência do usuário.

Palavras-chave

As palavras-chave são os termos que o Google utiliza para encontrar alguns resultados na web. De um jeito simples, essas palavras são como um índice para o Google encontrar sua página e ver se o site tem mesmo relevância para aquela busca.

O ideal é que estas palavras estejam muito bem colocadas, distribuídas de forma eficaz e natural em todo conteúdo.

Relevância do conteúdo

Neste caso é importante estar atento ao que é colocado no site. O Google consegue fazer a análise de relevância através de originalidade do conteúdo, tamanho do material escrito, e qual a ligação do texto com as palavras-chaves.

Link Building

O Google também leva em consideração os links que sua página possui. Contam os links internos e externos.

Os links internos são aqueles usados dentro do seu post, fazendo referências a outros conteúdos do seu próprio endereço. Já os links externos, são quando outras páginas fazem referência ao seu conteúdo.

Saiba mais: Link Building

Experiência do usuário

Outro ponto importante é a experiência do usuário em seu site. O SEO possibilita que organize seu site também levando em consideração:

1.    Tempo de carregamento da página;

2.    Design que facilita a interação;

3.    Adaptação de site para mobile;

4.    Códigos limpos.

Benefícios do SEO

Alguns fatores externos nos quais você não tem controle, podem ser consequências positiva do planejamento e otimização dos elementos internos e são fatores a se considerar quando se trata de SEO.

- Confiabilidade: Sites mais antigos, especializados e com plataformas user-friendly são facilmente enquadrados nessa categoria, mas isso não impede que novos sites de conteúdo ou e-commerce fiquem pra trás. Com o conteúdos planejados, completos e verificação de identidade (uma pessoa real e não robô gerindo a página), podem fazer frente ao tradicional, virando até referência digital no segmento direcionado

- Indicações externas também são cruciais nesse momento. Citações orgânicas, textos-âncora e indicações de fontes confiáveis mantêm o ~buzz~ social que a sua empresa precisa- Qualidade x quantidade: As indicações externas são rankeadas de acordo com a relevância e visibilidade do site, ou seja, citações de sites-referência são mais pontuais do que diversas citações de fontes novas. Mesmo assim, é importante manter um equilíbrio

- Social media: Apesar de polêmico, pois o próprio google já afirmou que postagens em redes sociais não são rankeadas pelo SE, a reputação na era digital muitas vezes pode ser construída ou destruída de acordo com a gestão de mídia social

- Dados geográficos: O direcionamento por região (país, cidade, etc) é importante para SEO, pois procura atingir possíveis visitantes em uma determinada localização.

Qual escolher: SEO ou Google Adwords?

As duas opções possuem seus prós e contras, e sim, ambas são eficazes dependendo de cada estratégia. Entretanto, o SEO continua sendo o mais indicado para fortalecer uma marca. O mais importante é ter objetivos claros e conhecer os hábitos de seus consumidores para que uma boa estratégia seja traçada em ambos os casos. 

Embora o Google Adwords possibilite que estes anúncios cheguem para os usuários, de nada vai adiantar se o seu conteúdo não for relevante, ou não estiver muito bem estruturado. Se tiver um site devidamente otimizado, automaticamente sua posição melhora e a garantia de converter visitantes em leads é bem maior.

O fato é que, com o SEO você terá um trabalho de longo prazo, sempre podendo melhorar o desempenho do seu site. O SEO é um trabalho constante porque acontecem diversas mudanças nos algoritmos do Google que interferem diretamente no posicionamento das páginas, e tais mudanças são necessárias para aprimoramento do sistema de busca que visa trazer resultados cada vez mais relevantes aos usuários. O trabalho de SEO contempla uma das melhores estratégias para mostrar ao Google que o site é relevante. Atualmente existem mais de duas mil regras para deixar um site dentro dos parâmetros do Google, e a função do SEO é aplicar essas regras para que seu site fique bem posicionado.

Saiba mais sobre SEO: O que é otimizar as páginas de seu site para SEO?

Saiba que 90% das pesquisas realizadas na Internet são feitas pelo Google e o buscador receber mais de cinco mil pesquisas por segundo. Usando a estratégia certa, é possível ter uma boa posição nas pesquisas. O trabalho de SEO gera relevância e melhora a credibilidade para o site, por isso ficar bem posicionado é tão importante para qualquer empresa. Seguindo as regras do Google, seu site será sempre bem posicionado, dando mais credibilidade e tornando sua empresa uma referência no mercado.

Então se o seu interesse é fortalecer o negócio com conteúdo de qualidade, e criar um vínculo com seus visitantes, o melhor é investir no SEO para obter sucesso.

Até mais!

Autor

Mônica De Paula

Alpinista de SERP, profissional em posicionamento digital e estratégias online.

Linkedinhttps://www.webpeak.com.brmonicadepaula@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak