Gateway de Pagamentos: o que é e como funciona

18/7/2018

Gateway de Pagamentos: o que é e como funciona

Qual é o seu sistema de pagamentos? Está satisfeito com o funcionamento do mesmo?

 Bom, se chegou até aqui é porque uma nova ferramenta seja melhor para os negócios, infelizmente alguns sistemas nos deixa a mercê dos acontecimentos, coisas como taxas muito altas, suportes ruins, e perda de vendas ainda acontecem por conta do sistema de pagamento.

Caso tenha se identificado com essas questões, então esse artigo foi feito especialmente para você! Agora, se está fazendo pesquisas para descobrir qual a melhor ferramenta para o seu negócio, não deixe de ler até o final antes de tirar suas conclusões.  

Para iniciarmos podemos dizer que existem dois tipos de sistemas no mercado, os intermediários de pagamentos e os gateways.

Os intermediários de pagamentos mais populares são PagSeguro, Pagamento Digital, Paypal e Moip, mas falaremos sobre eles em um outro artigo. Neste vamos nos concentrar em tirar todas as dúvidas sobre gateways de pagamento.

Vamos lá!

Leia também: 10 passos para criar um ecommerce, sem complicações

O que são Gateways de Pagamentos

Os gateways de pagamento foi uma ferramenta criada principalmente para reduzir tempo e custos de desenvolvimento e operação.

As principais características de um gateway são:

  • Simplificam a conexão da loja virtual ligando diretamente a operadoras e bancos
  • Adaptam-se a praticamente qualquer tipo de processo de checkout e cobrança
  • Fornecem ferramentas para a própria loja fazer a gestão financeira e de risco

Esses são alguns dos motivos que tornam o gateways de pagamentos a opção principal de médias e grandes empresas que precisam de maior controle sobre os pagamentos.

Leia também: Marketing Digital e o Mercado financeiro

Como ajudam sua loja virtual

Gateway de Pagamentos: o que é e como funciona

Integração simples com qualquer tipo de sistema

No lugar de várias integrações complicadas com cada operadora e banco, você consegue fazer uma única integração com o gateway. Ainda é possível implantar os meios de pagamento em quase qualquer tipo de sistema, e criar um processo de checkout ou cobrança da melhor forma conforme as suas necessidades.

Saiba mais: Cielo: como cobrar online e ter um negócio de sucesso

Atendimento profissional

Não que todos os gateway priorizem pela qualidade do atendimento, mas você pode experimentar o suporte técnico direto das operadoras e bancos, ou até mesmo dos intermediários de pagamentos, vai notar uma diferença positiva.

Painel e relatórios gerenciais

Geralmente os gateways trazem painéis administrativos bem simples de configurar, incluindo os diversos meios de pagamento e gerar relatórios financeiros em um lugar apenas.

Recursos e serviços avançados

Os gateways mais elaborados possuem recursos mais avançados como:

  • Compra com 1 Clique;
  • Pagamento com 2 cartões;
  • Cobrança Recorrente;
  • Conciliação Financeira;
  • Estorno de Pagamentos;
  • Redundância de Operadora para aumentar a aprovação de pagamentos.
Não deixe de ler: 5 principais meios de pagamento online para seu negócio

Pontos negativos dos gateways de pagamentos

Controle de fraudes

Se existe uma coisa que é preciso pensar a parte, ela se chama controle de fraudes. Essa não é uma função do gateway de pagamentos, para proteger sua loja virtual das fraudes será necessário contratar uma empresa separada. Felizmente, os gateways normalmente facilitam esta integração, o que não trará nenhuma dor de cabeça extra.

Prazos de convênio com operadoras e bancos

Para começar a utilizar um gateway, a empresa deve em primeiro lugar firmar convênios de e-commerce diretamente com operadoras e bancos, esse processo leva em média de 30 a 60 dias. Outro ponto importante é que, a ativação (ou homologação) desses convênios, normalmente realizada pelo gateway, pode levar mais 1 ou 2 semanas adicionais.

Separamos este conteúdo para você: Porque o Pagar.me é a Melhor Solução de Pagamentos para seu E-commerce
Gateway de Pagamentos: o que é e como funciona

Quanto custa

Os pacotes de recursos e serviços variam muito de sistema para sistema de gateway de pagamento, o que dificulta a comparação.

Geralmente os planos de contratação são baseados em pequenas taxas fixas por transação, que são cobradas de forma pré-paga ou pós-paga com mensalidade, quase a mesma coisa que um telefone celular. Também acontece as vezes de ser cobrada uma taxa de ativação.

Vale lembrar que o gateway apenas facilita a comunicação da loja virtual com as operadoras e bancos. Eles que são responsáveis pelas taxas sobre as vendas e por depositar o dinheiro na conta da loja. No caso de vendas por cartão, por exemplo, a taxa é de 3% em média, e o depósito é feito em até 30 dias.

Como escolher o melhor gateway de pagamento?

Quando for avaliar um gateway, não analise apenas o preço, afinal de contas cansamos de ver situações onde o barato acaba saindo bem mais caro.

Sugerimos que você sempre responda as seguintes questões na hora de escolher o sistema gateway:

  • Ajudará a ganhar tempo e reduzir custos do seu projeto?
  • É compatível com a plataforma de loja virtual que você utiliza?
  • Ajudará a loja virtual a atingir as metas de crescimento?
  • Que outras lojas parecidas com a sua estão satisfeitas com ele?
Leia também: O que o banco original vai fazer com o mundo financeiro do Brasil?

Principais Gateways de Pagamentos

Braspag – O líder de mercado, adquirido pela Cielo.

CobreBem – Mais voltado para desenvolvedores.

BoldCron, do grupo UOL – Especializado em grandes operações.

CobreDireto, do grupo UOL – Uma tentativa de “BoldCron para pequenos” que não pegou.

SuperPay – Um gateway de pagamentos emergente.

Locaweb – Possui um gateway básico para atender seus clientes de hospedagem.

MundiPagg – Um novo gateway bem elaborado e com metas promissoras.

Considerações Finais

Gateway de Pagamentos: o que é e como funciona

É muito importante analisarmos bem as ferramentas que iremos trabalhar para não termos surpresas ruins no decorrer do caminho. Pesquise quais os sistemas que mais se adequa ao seu sistema.

Os gateways de pagamentos são mais uma forma de facilitar a vida dentro dos negócios, facilitando a organização financeira. Mas antes de qualquer coisa analise bem as plataformas que irá utilizar, e se realmente vale a pena o investimento desse recurso para sua empresa no momento.

Separamos para você: Você vai vender mais com a WebPeak

Para ter mais informações importantes para dar um ‘up’ nos negócios, basta continuar nos acompanhando. Temos artigos elaborados especialmente para você e sua empresa.

Até a próxima!

 

Autor

Mariana Chaves

Produtora de Conteúdo especialista nas palavras que te elevam e levam ao foco do negócio.

Linkedinhttps://www.webpeak.com.brcontato@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak