NÃO QUERO IR AO EVENTO

Cupom de Desconto VTEX DAY 2019

Utilize o Cupom de 30% Desconto para o VTEX DAY 2019

Cupom de Desconto VTEX DAYCupom de Desconto VTEX DAY

USE O CUPOM: WEBPEAKVTEXDAY

COMPRE COM O CUPOM DE DESCONTO

Barrados pelo Google Ads: entenda a importância do Certificado SSL para anunciar

27/8/2018

Barrados pelo Google Ads: entenda a importância do Certificado SSL para anunciar

Se seu site está em HTTP, e não possui certificado SSL, ele não é mais seguro. Quando o assunto é Google Ads, é provável que você tenha realizado uma pesquisa no Google e encontrou alguns links destacados nos resultados. É bem possível também que você  já tenha acessado um blog ou até mesmo um portal de notícias e encontrado um banner de anúncio em algum local da página, ou mesmo ao assistir a um vídeo no YouTube e ter visualizado alguns anúncios antes ou durante dos vídeos. Nesses casos citados, são três tipos de anúncios distintos, ou seja: pesquisa, sites e Youtube. Entretanto, eles têm algo em comum, e trata-se da autonomia para serem criados e gerenciados através do Google Ads.

Neste conteúdo, além de falarmos (é claro) do Google Ads, vamos escrever sobre uma importante novidade: o Google Ads não aceita mais sites http. Quer se esclarecer sobre o assunto?

Continue acompanhando!

Leia mais: Como anunciar no google: conheça os tipos de anúncios Google Ads

O que é o Google Ads

Google Ads e certificado ssl

O Google Ads trata-se de uma plataforma de publicidade do Google, que permite a criação dos anúncios que vemos no momento que realizamos uma busca na internet. Esses anúncios são exibidos principalmente nos resultados de pesquisas, relacionados às palavras-chave da preferência de quem está pesquisando.

Mas saiba que o Google Ads é muito mais que isso. Além de ser uma rede de pesquisa, pode incluir banners e vídeos que ficam postados em áreas especiais e com visibilidade em diversos sites parceiros do Google. A primeira versão do, antes chamado de AdWords, foi lançada em 2000 e desde esta data ela vem liderando o mercado. O crescimento da receita do Google Ads é uma realidade comprovada, dados apontam que em 2016, a receita publicitária do Google Ads foi de U$79 bilhão de dólares.

Nessa ferramenta, preferida de muitos profissionais, é possível divulgar todos os tipos de anúncio a partir de duas redes: a rede de pesquisa e a rede de display.

Na rede de pesquisa que são os resultados de busca do próprio site Google, os anúncios são em formato de texto. Para definir o posicionamento dos anúncios é feito um leilão.

A rede de display é composta pelos sites que participam do programa de afiliados da Google, o Google Adsense que são milhares de sites na internet.  Através da rede e display você pode fazer anúncios de diversos tamanhos e inclusive anúncios gráficos. Você pode também anunciar no You Tube com anúncios de vídeo, texto ou gráficos.

A segmentação dos resultados na rede de pesquisa são por meio de palavras-chave ou termos pesquisados. Já na rede de display os resultados são por tipos e segmentos de negócios, sempre relacionado às palavras que contém o site onde os anúncios são exibidos.

As mudanças do Google Ads, como o próprio nome, que mudou este ano (antigo Google Adwords), permitem que anunciantes e editores de todos os tamanhos escolham as soluções certas para seus negócios, facilitando ainda mais a entrega de anúncios valiosos e confiáveis e as experiências certas para os consumidores em vários dispositivos e canais.

Separamos este conteúdo para você: Google Ads: veja o que mudou!

Certificados SSL: o que são e porquê são importantes para seu site

Google Ads e certificado ssl

SSL, ou Secure Socket Layer, trata-se de uma tecnologia criada para proporcionar mais segurança diante da troca de informações entre um visitante e servidor que hospeda o site. O grande objetivo de um certificado SSL está em impedir que pessoas bem boas intenções possam capturar informações confidenciais de usuários, como por exemplo os dados de acesso na área do cliente em sites de compra ou até mesmo números e senhas de cartões de crédito.

O SSL é o tipo de tecnologia baseada em criptografia cada vez mais adotada, sobretudo em aplicações financeiras e lojas virtuais em que dados importantes e confidenciais de quem visita o site são enviados a todo momento Entretanto, são muitas as dúvidas que surgem em relação aos tipos de certificado, assim acerca do funcionamento de cada um, o que é comum. Afinal, existem diversos modelos disponíveis no mercado.

Vamos detalhar os tipos de certificados para você sanar todas suas dúvidas!

Certificado SSL DV (Validação e emissão rápida)

Certificado Digital SSL é perfeito para pequenos sites, blogs, webmails, intranet e extranet, VPN e segurança de acesso remoto.

O Certificado SSL DV (Validação e emissão rápida) é responsável por ativar o cadeado dos navegadores e a conexão segura 'https', que garante um ambiente seguro para troca de informações. Este processo do SSL DV é completamente automatizada, garantindo que você recebe o certificado em poucos minutos. É uma ótima opção para necessidades que estão em torno da proteção de vários sub-domínios em um ou mais servidores.

Não deixe de ler:  Dicas para campanhas Google Adwords

Certificado SSL OV (Validação Organizacional)

O certificado SSL OV é responsável por verificar se a empresa é proprietária do domínio e legalmente constituída. O certificado proporciona maior segurança e credibilidade à clientes, isso tem relação com o nome da sua empresa ser mostrado no certificado e no selo de Site Seguro. OV é mais utilizado por empresas, universidades, bancos e órgãos governamentais, em servidores, sites, lojas virtuais e sistemas de e-commerce.

Certificado SSL EV (Validação Estendida)

Google Ads e certificado ssl

O Certificado EV utiliza a mais avançada tecnologia em Certificação Digital que está disponível hoje, oferece o mais alto nível de segurança entre os certificados SSL, e mostra aos visitantes do seu site que a empresa que é proprietária do domínio foi completamente validada e verificada, gerando maior confiança e credibilidade.

Ao acessar um site protegido pelo Certificado SSL EV, a barra de endereços do navegador passa a ser verde com o nome destacado da sua empresa, ou seja, possibilita aos usuários a identificação visual do seu site enquanto seguro, autêntico e não clonado.

Certificado SSL WildCard

É comum que um Certificado SSL seja emitido para um único endereço, por exemplo: www.webpeak.com.br. Ao utilizar o Certificado SSL Wildcard você poderá adicionar a segurança SSL em ilimitados sites e servidores, basta que você faça parte de subdomínios do mesmo domínio (um nível).

A partir do uso do Certificado SSL WillCard você vai proteger seu site principal, assim como todos os subdomínios (loja.seusite.com.br/ blog.seusite.com.br/ webmail.seusite.com.br; entre outros.)

O WildCard é ideal para você que almeja economizar comprando somente um Certificado Digital, obtendo assim maior flexibilidade na configuração e gerenciamento dos seus sites e servidores.

Leia mais: [Guia Prático] Google Adwords para iniciantes

Certificado SSL SAN (Comunicações Unificadas)

O Certificado SSL SAN também é conhecido como "UCC - Unified Communications Certificate", e  foi desenvolvido especialmente para ser utilizado em inúmeras aplicações e servidores, no Apache, Tomcat, Microsoft IIS, Exchange, Office Communications Servers, Lync Server, Live Communications Server, Outlook Web Access (OWA), Outlook Mobile Access (OMA), ActiveSync, Autodiscovery e Outlook Anywhere. Este certificado é perfeito para quem busca a simplicidade e segurança para certificar até 100 endereços adicionais utilizando apenas um Certificado SSL, você vai precisar somente de um endereço IP por servidor.

Google Ads: Sites HTTP estão de fora

Os certificados SSL dizem respeito à importância da segurança do seu site para evitar penalizações e garantir visitas constantes. Para evitar que seus clientes e visitantes se espantem, você precisa de um certificado de segurança SSL.

Com o SSL você vai garantir uma boa experiência aos usuários e irá melhorar seus resultados nas buscas do Google, por outro lado, só é possível utilizar o Google Ads a partir da adaptação SSL.

Aqui na WebPeak estamos com nosso software em contante atualização para melhorar a navegação para os usuários. Agregamos as melhores ferramentas de SEO para um bom posicionamento no Google. Esperamos ter ajudado com este conteúdo.

Não deixe de nos acompanhar e receba mais dicas para seu negócio!

Até a próxima! :)

Autor

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

Linkedinhttps://www.webpeak.com.br/victoriaribeiro@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak