Marketing

Melhores práticas para o comércio eletrônico após as transformações da pandemia

20
Apr
2021

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

São tempos difíceis para todos, não há dúvida disso. Porém, mesmo nesse contexto, nos últimos meses, muitas foram as vantagens do comércio eletrônico, pois a cada mês registra números, no mínimo, animadores. 

Só para você ter uma ideia, de como realmente esse é o MOMENTO do e-commerce, segundo pesquisas, houve um acréscimo na audiência de e-commerce na ordem de 8,2%.

Na prática, pensando em números absolutos, isso significa um aumento de 259,3 milhões de acessos aos sites de e-commerce durante o período, ou seja, uma média 86,4 milhões de novas visitas todos os meses.

Melhores práticas no comércio eletrônico após as mudanças na pandemia

O novo consumidor já existe, e as falhas de comunicação entre determinadas categorias de consumo e os consumidores, só apontam despreparos e muito trabalho pela frente para alcançar o prejuízo.

Podemos dizer que, no momento, o consumidor está dividido entre, pelo menos, dois grupos: aqueles que já tinham grande contato com o comércio digital antes da pandemia e os que não tinham.

Além disso, nessa equação é considerada as diferenças de geração, que são aspectos essenciais na hora estabelecer uma comunicação eficaz com o novo consumidor. A Geração Z, por exemplo, já nasceu dentro da internet, logo, está muito mais envolvida com o meio, porém, sofre o agravante de ser a mais economicamente impactada pela crise. 

Na prática, o novo consumidor demanda que as empresas estejam mais envolvidas com a marca. 

  • Há uma preferência por negócios que vão transmitir credibilidade e segurança;
  • Confiança em grandes marcas, pouco disposto a busca por informações sobre marcas menores, dessa forma, as empresas devem fazer o máximo possível para transmitir confiança em sua comunicação;
  • O consumo não é feito com frequência, mas quando é feito há mais comprar. Assim, as lojas devem estar em contato com esse consumidor de maior ticket atendendo às suas necessidades;
  • Maior perfil para mudar de preferências, de acordo com a circunstância. Ou seja, as marcas devem estar preparadas para captar feedbacks rapidamente, coletar dados e estar à frente das tendências o quanto antes possível.

Impactos da pandemia no Marketing Digital

melhores-praticas-para-o-comercio-eletronico-apos-as-transformacoes-da-pandemia

Aumento de tráfego no e-commerce

A grande virada, quando as coisas realmente começaram a crescer para o e-commerce, aconteceu em Maio de 2020. Adivinha por qual motivo? 

É isso mesmo! Acertou quem pensou que é o Dia das Mães. Nada mais nada menos que uma das datas mais importantes para o varejo. 

Por um lado, em Março foi o momento que boa parte do país começava a entrar em isolamento social, aquele sentimento de tudo muito incerto, mas foi em Maio que começou a se consolidar um novo normal. Junto a isso, no mesmo mês, no Dia das Mães, foi a primeira vez na história que o brasileiro teve que celebrar uma data comemorativa à distância.

A soma de todos esses fatores resultou na explosão de acesso a lojas virtuais, acredite: como nunca se tinha visto em um mês de Maio.

Novo consumidor: mais influenciado por mecanismos de busca e redes sociais

Na pandemia, muitos brasileiros compraram alguma coisa pela Internet. De acordo com nossos estudos, os canais que mais influenciaram para realização de uma compra foram o Google/outros mecanismos de busca, Instagram e Facebook, respectivamente. 

Ou seja, o novo consumidor está mais atento à experiência de compra.

SEO: melhor opção de investimento pelo comércio eletrônico

Fato é que a busca orgânica foi o canal que teve maior crescimento durante a pandemia.

Aqui na WebPeak, observamos que muitos sites optaram pelo tráfego orgânico como forma de aumentar a eficiência durante a pandemia. Trata-se aqui de uma tendência que veio para ficar. No entanto, estar munido de práticas de SEO é o primeiro passo para ter sucesso nessa etapa.

Page Experience: conheça o novo algoritmo do Google

O novo algoritmo do Google, o Page Experience, incorporou a velocidade de carregamento como fator de ranqueamento. Aqui, tem tudo a ver com experiência do consumidor. 

Confira os principais fatores para ficar bem ranqueado no Google:

  • Os sites na primeira posição do Google não demoram mais de 2 segundos para ser carregados;
  • Em mais da metade dos resultados, as palavras-chave estão nos títulos de forma exata;
  • Páginas que estão na primeira página do Google têm em média 1.507 palavras;
  • Média de Autoridade de Domínio na primeira página do Google é de 70;
  • Autoridade de Página tem forte correlação com melhor posicionamento orgânico;
  • Como é sabido, os últimos dois pontos, referentes à Autoridade de Domínio e de Página devem ser potencializados com estratégias de Link Building 4.0 (com estratégias de assessoria de imprensa).

Vamos repensar novas ações no marketing digital! 

Por fim, precisamos finalizar o conteúdo falando sobre a necessidade de repensar as empresas repensem suas estratégias de marketing.

Se por um lado ainda há empresas que olham para cada um dos canais de vendas (online/offline) e de tráfego (busca, social, etc.) de maneira isolada, por outro, surge uma grande necessidade no mercado: conectar tudo isso considerando a experiência do consumidor.

Nem a experiência do consumidor foge das transformações, hoje, buscadores e redes sociais são seus canais favoritos. A questão é: a internet venceu, o mundo digital venceu, a reabertura total e o fim do isolamento social, continuará mantendo a internet no topo do pódio. O Marketing, mais do que nunca, vai mais além, e precisa ser pensado para pessoas e algoritmos.

Investir em SEO é investir em algo próprio, é apostar no próprio negócio com confiança e colher os frutos de um trabalho árduo, porém muito valioso. Além de unir ferramentas completas para marketing digital em um único lugar, a WebPeak oferece todo suporte necessário aos usuários. Entre em contato conosco




Últimas Postagens WebPeak

SEO

Conheça o Gerador de Title e Description Grátis da WebPeak

Google

Quer saber como disparar site na busca orgânica? Veja essas dicas!

SEO

10 melhores práticas para impulsionar o SEO WordPress

E-Commerce

Transformações no Marketplace