NÃO QUERO IR AO EVENTO

Cupom de Desconto VTEX DAY 2019

Utilize o Cupom de 30% Desconto para o VTEX DAY 2019

Cupom de Desconto VTEX DAYCupom de Desconto VTEX DAY

USE O CUPOM: WEBPEAKVTEXDAY

COMPRE COM O CUPOM DE DESCONTO

Nós achamos que você ainda não sabe tudo sobre Google Store!

16/7/2019

Nós achamos que você ainda não sabe tudo sobre Google Store!

google store

O Google é o maior motor de busca que existe na rede hoje. Ele é um gigante. Seus poderosos algoritmos , plataforma de publicidade dominante e experiência de usuário personalizada, permite que o Google seja reconhecido como uma força e um dos mecanismos de busca mais populares do mundo.

Todo esse reconhecimento a parte, você sabe como os anúncios da campanha de display estão levando compradores às lojas físicas?

Caso seu negócio dependa, total ou parcialmente, de vendas realizadas em uma rede de lojas físicas, você certamente já se fez essa pergunta. Mesmo que cultura de compras online tenha crescido nos últimos anos, e a internet tenha se tornado um dos principais canais de compras de clientes, relacionar o sucesso de vendas às campanhas online é essencial para justificar os investimentos nas mídias digitais.

Leia mais: Ferramentas de SEO indispensáveis se você quiser ter sucesso 

Medir a influência dos anúncios online em relaçaõ as ações tomadas no mercado físico ainda é um grande desafio e, por vezes, problemático.

As grandes plataformas de mídia são as maiores interessadas em consolidar indicadores que relacionem o sucesso das campanhas online às vendas na rede física do varejo.

Para tanto, o Facebook e o Google vêm trabalhando em sistemas que conectam a jornada online ao momento da visita e, entre os diversos experimentos que buscam cobrir esse solo frágil, o recurso do Google chamado AdWords Store Visits (Google Store) merece um olhar mais atento.

Google Store: Como funciona o AdWords Store Visits

Tudo começa em 2015 no Brasil, o AdWords Store Visits Conversion (Google Store), é um projeto do Google que visa agir na aproximação entre o on e off-line, conectando resultados de campanha às visitas às lojas físicas cruzando os outputs de localização dos smartphones e a rede de endereços do Google Meu Negócio.

Adicionadas essa leitura, o Google está usando dados de usuários anônimos com perfil/comportamento semelhante para extrapolar a população total da estimativa. A métrica está baseada em cliques realizados nos anúncios de busca em todos os dispositivos mobile, ou seja, smartphones, tablets e desktops, e tipos de campanha, incluindo os anúncios da lista de produtos e anúncios de inventário local. As estimativas são baseadas em visitas às lojas dentro dos últimos 30 dias de um clique no anúncio.

Diante disso,o Google Store tem a função de registrar uma estimativa de visitas nas lojas físicas e atribuí-las aos usuários impactados pelas campanhas. São métricas válidas somente para visitas e não vão interferir nas compras realizadas pelo visitante, porém já representam um grande avanço no encontro dos canais e atribuições de sucesso das campanhas.

Como melhorar a posição de seu site no Google 

Otimize as URLs

A URL ou endereço de uma página é um elemento importante tanto para o buscador quanto para o usuário. A URL traz uma ideia do que existe naquela página e antecipa o assunto antes mesmo que a visita seja realizada, garantindo melhor experiência para o visitante. 

Para entender melhor, considere essas 2 URLs:

  • www.webpeak.com.br/blog/?p=561333
  • www.webpeak.com.br/blog/seo-tutorial

Qual das 2 é mais fácil de ler e de prever o conteúdo existente?

A sua resposta, certamente, foi a 2ª. Diante disso, você consegue visualizar a importância de realizar a otimização.

O indicado é que ela conte com a palavra-chave, que vai ajudar no ranqueamento e na compreensão. Ao mesmo tempo, o ideal é deixá-la o mais curta possível. Para isso, evite palavras e elementos de ligação e tente concentrar o assunto na menor estrutura viável. Você irá criar URLs otimizadas tanto para o usuário quanto para os algoritmos dos buscadores.

Não deixe de ler: Conheça o Google Panda, Hummingbird e os principais algoritmos do Google 

Elabore as metadescrições de maneira correta

Uma metadescrição trata-se de um pequeno texto que aparece abaixo do título da página nos resultados das buscas, e serve como um resumo do que o usuário encontrará ao clicar naquele link, funciona como um elemento de atração.

Uma vez que esse item defina se alguém visitará ou não o seu site, é importante que ele seja elaborado de maneira correta.

Para atender a um SEO tutorial otimizado, acrescente a palavra-chave na área, como forma de aumentar a relevância.

Entretanto, não deixe de criar uma chamada criativa e que atue de modo a persuadir. Utilize palavras de impacto de modo a incentivar o usuário a clicar na página.

Outra recomendação importante é que você mantenha o tamanho dentro de parâmetros ideais. O recomendado é que tenha no mínimo 120 caracteres e, no máximo, 156.

Desse modo, ficará visível, sem textos cortados de forma abrupta e você irá manter o máximo de resultados.

Escolha as palavras-chave corretas

As palavras-chave estão entre os pontos essenciais de um SEO otimizado. Como são os menores elementos que definem um assunto, elas são utilizadas nas buscas por usuários, e certamente você já fez isso. 

Alguém que deseja adquirir uma nova bolsa para usar, por exemplo, provavelmente buscará por “comprar bolsa vermelha”.

Agora vamos pensar em um negócio que oferece um artigo bem ranqueado com a palavra-chave “onde comprar bolsa vermelha”. Possivelmente, ele receberá a atenção de boa parte dos usuários que fazem a pesquisa, logo, irá ganhar visita e muito provável terá sucesso na venda. 

Para obter bons resultados, as palavras-chave precisam ser encontrados corretamente, como com ajuda de ferramentas específicas. Em vez de priorizar as muito curtas e genéricas (chamadas de short tail keywords), dê preferência para as conhecidas como cauda longa (long tail keywords). Essas, normalmente, contêm mais de 3 palavras e trazem uma abordagem profunda sobre o tema.

Por outro lado, isso diminua o volume de pesquisas, é uma forma de aumentar o tráfego qualificado e as chances de conversão. 

Leia mais: Empresas investem em SEO para aumentar faturamento 

Utilize as palavras-chave nos conteúdos publicados

Preste atenção, não adianta selecionar os assuntos corretamente se eles não forem aproveitados de modo adequado.

Para isso, é fundamental usar as palavras-chave nos conteúdos que você publicar — especificamente, as postagens do blog.  

É uma convenção utilizar a palavra-chave selecionada, pelo menos, na introdução, na conclusão e 1 vez durante o conteúdo. Porém, balanceie essa estratégia de acordo com o tamanho do seu conteúdo. Se possível, aplicá-la em um dos intertítulos aumenta a relevância do conteúdo, especialmente se for no 1º.

Cuidado: Utilize a palavra-chave em excesso (o chamado keyword stuffing). Simplesmente acrescentá-la para aumentar a sua densidade é uma prática ruim e que o Google irá penalizar.

Ao invés disso, dê preferência para acrescentar sinônimos e variações relevantes do tema. Como os mecanismos têm se tornado cada vez mais semânticos, a sua produção ganhará relevância e terá destaque.

Retire conteúdos duplicados

Se tratando das penalidades do Google, o plágio é um dos maiores problemas quando se fala em SEO. Se o mecanismo de busca interpretar que um conteúdo é a cópia de outro mais antigo, dará uma punição de não indexação.

O grande desafio é que pode acontecer uma situação de auto-plágio. Inúmeros endereços do seu blog podem direcionar para uma mesma página, dando a ideia de que são conteúdos diversos.

Nesse caso, o algoritmo irá entender que são conteúdos que deveriam ser diferentes e irá identificar o conteúdo duplicado. Para evitar a penalização, você deve retirar os conteúdos, o que pode ser feito por meio das tags canônicas.

Utilizar este atributo permite que você aponte para o buscador qual é a página principal a ser indexada. Dessa forma, ele irá desconsiderar as demais, evitando a duplicação e as punições decorrentes. É vantajoso utilizar estratégias como tags nofollow, que vão apontar que o algoritmo não deve seguir um determinado link.

Adapte para o ambiente mobile

Uma pesquisa recente indica que para 2019, a expectativa é que sejam mais de 5 bilhões de usuários mobile. Quanto aos negócios, em 2015 metade dos usuários de smartphone descobriu uma nova empresa por meio de uma pesquisa via aparelho. 

Diante dessas informações, o mobile está cada vez mais presente e que ele ajudará, progressivamente, os compradores a encontrarem aquilo que precisam.

Sabendo disso, o Google passou a priorizar os sites que possuem uma versão mobile ou responsiva. Ou seja...seu site precisa de um design capaz de se adaptar a qualquer tela.

Mas vá além, como é 108% mais difícil ler um conteúdo estando via mobile, deve-se priorizar a escaneabilidade. Frases e parágrafos curtos, espaços em branco e imagens vêm como favorecimento ao fácil acesso à informação.Esses aspectos contribuem para uma experiência de usuário otimizada, levando a um melhor resultado de SEO.

Tenha uma estratégia de link building

Para determinar se o seu site é responsivo e que atende aos interesses de quem pesquisa, o algoritmo considera inúmeros fatores. Entre eles estão a confiabilidade do conteúdo e o tempo de permanência do visitante no site.

Esses pontos destacados são muito favorecidos por uma boa estratégia de link building, ou seja, acrescentar links ao conteúdo.

Ao fazer referências de páginas externas de qualidade e autoridade, o buscador compreende que você está oferecendo informação útil para os usuários. Por outro lado, ao fazer link building internamente de forma adequada, é provável que as pessoas passem mais tempo consumindo outros conteúdos.

Com isso, o algoritmo entende que a sua página tem qualidade e oferece posições melhoradas.

Dica: Para ter melhores resultados, não desconsidere o poder do guest post. Com bons parceiros, é possível aumentar o alcance de público e conseguir links de um domínio com boa reputação.Dessa forma, o algoritmo lê o seu site de uma forma otimizada, o que leva a um melhor resultado de ranqueamento.

Webmaster Tools + Ferramentas de SEO WebPeak 

google store

A WebPeak  é master em SEO no Brasil. Tanto é que você pode integrar sua conta Search Console para acompanhar em um só lugar cada passo de otimização do seu site + resultados das ações de SEO.

Ela não apenas agrega um conjunto de ferramentas de SEO que vão otimizar seu site de maneira correta, assim como seu tempo, como também oferece a melhor Base de Conhecimento e Suporte nesse assunto. 

São mais de 15 ferramentas de SEO em um único lugar para você ter os melhores resultados. Nossos planos cabem no seu bolso, afinal, a WebPeak possui a grande vantagem de oferecer pacotes sem que você precise desembolsar em dólares

Leia também: Auditoria SEO: Como WebPeak ajuda você 

Não deixe de nos acompanhar e receba mais dicas para seu negócio! 

Até a próxima! :)

Autor

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

Linkedinhttps://www.webpeak.com.br/victoriaribeiro@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak