E-Commerce

O e-commerce se encontra em novos patamares

17
Feb
2021

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

Desde o início da pandemia, a expectativa é de que haveria muito trabalho pela frente no setor do comércio eletrônico. Da mesma forma, empresas que não estavam tão habituadas com a digitalização, tiveram que correr atrás do atraso. 

Os últimos meses têm apresentado resultados positivos para o e-commerce no Brasil. Se por um lado a pandemia trouxe mazelas irreparáveis, para o e-commerce não apenas elevou os acessos mensais como definiu um novo patamar de crescimento. Há um crescimento em curso de diversos setores do comércio eletrônico, sobretudo moda, que foi bastante favorecida nestes meses de pandemia. 

Como preparar seu e-commerce para as novas mudanças 

A evolução é constante quando o assunto é negócio digital. Se tratando de e-commerce, principalmente no último ano (mais pessoas inseridas no meio digital devido a pandemia), percebemos muitos negócios migrando com força para o digital, compreendendo a importância de estar sempre em destaque nessas plataformas.

O SEO pode ser um grande aliado para as  páginas terem o resultado desejado. Sem a otimização é praticamente impossível conseguir se posicionar nos mecanismos de busca

SEO (Otimização para Mecanismos de Busca) para e-commerce

Para começarmos, precisamos falar sobre o conceito de SEO. Na verdade, como a própria tradução sugere, o SEO é utilizado para que os robôs dos buscadores encontrem páginas indexadas. 

Foi pensando nisso que o marketing de conteúdo acabou ficando tão forte, pois quanto mais conteúdo otimizado você tem no seu site, mais chances de aparecer nas primeiras páginas seu negócio tem. 

Hoje em dia, praticamente tudo o que as pessoas fazem está baseado nas pesquisas que elas realizam através dos buscadores. Atualmente o mais utilizado é o Google. Então, se você quer aparecer nas primeiras posições do Google e atrair mais tráfego orgânico não tem para onde correr, é necessário aplicar SEO para e-commerce

Por que os resultados orgânicos são tão valiosos? 

Uma coisa é verdade: a primeira reação que temos quando precisamos de um produto ou serviço é fazer aquela pesquisa rápida no Google, certo? Acredite, não é só você que tem esse tipo de atitude.

Quando fazemos uma busca com base em determinada palavra referente àquilo que precisamos, é apresentado diversas opções naquilo que precisa, mas, conforme já dito em pesquisas, não temos o costume de lermos todos os artigos, apenas os que aparecem nas primeiras posições.

Os primeiros referem-se aos anúncios pagos, ou seja, aqueles que as empresas investiram financeiramente para aparecer logo no topo da página.

Já os que vêm na sequência são os mais disputados, pois trata-se de busca orgânica. E como eles chegaram lá? Eles são melhores rankeados porque sites como o Google consideram que eles têm conteúdos mais relevantes que os demais. Além disso, o número de acessos que esses links tiveram também é um ponto a favor dessa posição de destaque.

SEO para e-commerce: principais estratégias de SEO

  1. Palavra-chave: palavras-chaves são a forma que o Google utiliza para encontrar conteúdos que respondam às buscas. Elas devem estar no título, nas descrições, e em locais que irão garantir o fácil acesso ao que você está impulsionando.
  2. Títulos: os títulos são a primeira coisa que aparecem para quem busca pela sua solução. Por isso é extremamente importante caprichar na chamada e não se esqueça de utilizar sua palavra-chave.
  3. Heading tags: essenciais para identificar a prioridade dos conteúdos existentes na página. Dentro do código do site, é possível inserir até seis headings, apresentando o conteúdo mais importante (H1) e seus subtítulos (H2 a H6).
  4. Meta description: pequeno texto que aparece abaixo do título da página nos resultados das buscas, serve como um resumo do que o usuário vai encontrar ao clicar naquele link, sendo um elemento de atração. Para atender ao SEO para e-commerce, acrescente a palavra-chave na área, como um jeito de aumentar a relevância.É necessário manter um tamanho ideal para ficar legível para o Google, o recomendado é que tenha no mínimo 120 caracteres e, no máximo, 156.
  5. Atributo Alt: importante para o SEO imagens do jeito certo. É um descritivo de conteúdo da imagem inserida na página. Auxilia os usuários com deficiência visual a compreender o conteúdo, mas também são exibidos quando o navegador não consegue carregar o arquivo da imagem por algum motivo. 
  6. Linkagem interna: para SEO, link Building é fundamental, apresenta a autoridade da sua página e do seu domínio, além de ser um dos fatores que mais se destaca como referência para o Google. Ele direciona a experiência do usuário dentro do site. 
  7. Tempo de carregamento da página: hoje, se seu site demora para carregar, as chances de converter o lead diminuem.  Para esclarecer, uma página que leva 5 segundos para carregar aumenta a probabilidade de uma rejeição em 90% comparando com uma página carregada em um segundo.

Como saber os resultados de SEO para e-commerce?

O acompanhamento de resultados do SEO para e-commerce é essencial para medir seus esforços e entender como seu blog/site está atuando.
Aliás, a primeira coisa a ser feita no dia, é analisar o desempenho do blog do dia anterior e verificar se houve algum comportamento fora do esperado para poder montar um plano de ação. O Google Analytics e o Google Search Console são excelentes ferramentas para este processo! Você também pode utilizar outras plataformas digitais mais avançadas para fazer o acompanhamento de SEO.

Sempre faça a análise com base nas seguintes métricas: 

  • Número de visitantes únicos diários
  • Posts mais acessados
  • Número de visitas
  • Novos usuários ou Usuários recorrentes
  • Número de pageviews
  • Taxa de rejeição
  • Tempo de permanência

Investir em SEO para e-commerce é uma excelente decisão, principalmente agora. Afinal, você precisa superar as limitações colocadas antes de se criar um site. A criação de conteúdo, acompanhada das métricas que já foram expostas, com a utilização correta de links internos e externos para conteúdos, além de inserir títulos e subtítulos (h1, h2, h3) contendo a palavra-chave e autoridade do domínio, são fatores que vão colocar seu negócio em destaque! Conheça nossos planos e fique de frente com o SEO Ninja! Entre em contato conosco!





Últimas Postagens WebPeak

SEO

Intenção de busca: entenda a importância deste fator de ranqueamento

SEO

Entenda como aplicar SEO On-Page: otimizar páginas com eficiência

E-Commerce

WebPeak informa: as melhores práticas para e-commerce

SEO

Taxa de rejeição: como medir e ampliar os resultados