O que é Google Tag Manager?

29/5/2018

O que é Google Tag Manager?

O Google Tag Manager é uma ferramenta gratuita do Google em que foi apresentada ao público no ano de 2012 para solucionar o problema daqueles que desejam ter autonomia no processo de inserir, retirar e editar tags sem a necessidade de acessar o código-fonte.

Tags nada mais são que snippets de código utilizados para coletar informações de um website e encaminhá-las para terceiros. Essas tags possuem inúmeras funcionalidades, incluindo formulários de monitoramento, acompanhamento dos visitantes de um site, geração de mapas de calor e muito mais.

Com o Google Tag Manager seu dia-a-dia será ainda mais produtivo, pois você mesmo poderá realizar inserções de tags sem o auxílio de um desenvolvedor Web em que está atarefado com projetos de maior prioridade.

Se você precisar inserir uma tag em que não tenha um modelo no GTM, você poderá adicionar seu próprio código personalizado.

Algumas das Vantagens do Google Tag Manager:

  1. Otimização no Tempo de Carregamento das Páginas: A inserção de uma grande quantidade de scripts dentro de um site acaba também interferindo em seu tempo de carregamento. Com o Google Tag Manager, você conseguirá realizar o disparo delas de maneira assíncrona por padrão e unificar todos os scripts, otimizando assim o tempo de carregamento.
  2. Pode ser utilizado para sites de AMP: O Google Tag Manager é ideal para gerenciar aplicativos e tags de sites de AMP, permitindo assim com que você adicione e edite tags sem a necessidade de uma versão atualizada do aplicativo.
  3. A praticidade do Google Tag Manager: Há alguns anos atrás, era necessário inserir diversas tags diretamente no código de um website para que as mesmas pudessem funcionar corretamente em todas as páginas ou então em uma página em específico. Com o Google Tag Manager, você conseguirá  manipular suas tags em um ambiente totalmente visual e de fácil manuseio
  4. Excelente desempenho em tags de terceiros: Por ser próprio do Google, o popularmente conhecido GTM não fica restrito apenas aos serviços oferecidos pelo Google, podendo ser utilizado também para gerenciar tags de terceiros, como códigos de retargeting do Facebook Ads, Hotjar, Twitter, Kissmetrics e muitos outros.
  5. Maior efetividade na coleta de dados do Google Analytics: A instalação do Google Analytics através do GTM é a funcionalidade mais utilizada pelos usuários. Essa atividade fará com que as métricas do GA sejam aprimoradas.

Essas são apenas algumas das diversas funcionalidades apresentadas pelo Google Tag Manager. Após essa introdução, já sabemos um pouco sobre o Google Tag Manager e como ele poderá trazer vantagens ao website ou aplicativo. Agora, vamos mostrar à você como criar uma conta nessa poderosa ferramenta:

Como criar uma conta no Google Tag Manager:

Por ser uma ferramenta gratuita, criar uma conta no Google Tag Manager acaba sendo uma tarefa muito fácil, então vamos lá!

Primeiramente, acesse a página do Google Tag Manager e clique em ‘Inscreva-se Agora’, botão em que está localizado no canto esquerdo de sua tela:

O que é Google Tag Manager?

Dica: É altamente recomendável com que você utilize o mesmo e-mail Google em que sua conta no Google Analytics foi criado para melhor controle das informações.

Após realizar o login com sua conta Google, você deverá preencher o nome de sua empresa e seu país.

O que é Google Tag Manager?

A opção Compartilhar dados de forma anônima com o Google e outros é ideal para aqueles que desejam ativar o comparativo de mercado compartilhando dados em um formulário anônimo. O Google por si próprio irá remover todas as informações em que as pessoas poderão identificar seu website e fará uma combinação dos dados com centenas de outros sites anônimos, informando a você as tendências agregadas no serviço de comparativo.

Essa opção não é obrigatória, sendo assim, cabe à você proprietário da conta informar se deseja ou não receber tais informações.

Em seguida, clique em CONTINUAR.

O segundo passo será configurar o contêiner e especificar onde você deseja usá-lo, se é em um site da Web, APP iOS, APP Android ou em site AMP.

O que é Google Tag Manager?

Após ler e concordar com os Contrato de Termos de Serviço do Gerenciador de tags do Google e Termos de Processamento de Dados, exigidos pelo GDPR, clique em SIM.

Em seguida, você será direcionado para o código que deverá ser instalado em todas as páginas que você desejar. O primeiro código deverá ser inserido o mais alto possível na tag <head> da página, já o segundo, após a tag de abertura <body>.

O que é Google Tag Manager?

Após realizar a inserção dos códigos, clique em OK.

Antes de colocarmos a mão na massa sobre adicionar as tags de seu website para o Google Tag Manager, faremos uma breve explicação sobre os pilares do Google Tag Manager, que são: Tags, Triggers e Variáveis

Tags: Nada mais são que os scrips em que serão incluídos via Tag Manager, como por exemplo: Tag de Acompanhamento de conversões do Google AdWords, Tag de Remarketing, Informações sobre o LinkedIn e diversas outras.

Triggers: Através do trigger você conseguirá determinar quando a tag será acionada. Esse acionamento poderá ser executado através do envio de um formulário, um clique, do carregamento de uma página e diversas outras formas.

Variáveis: Variáveis são informações adicionais que permitem que tags e acionadores façam mais coisas, pois adicionam fatores extra às ações realizadas pelo Google Tag Manager.

O Google Tag Manager apresenta uma série de integrações em que você conseguirá realizar sua manipulação através de seu próprio painel. Porém, há algumas alterações dentro de suas páginas em que você não conseguirá desenvolver através da ferramenta.

Implementações que não funcionam via Google Tag Manager:

Se você possuir em seu site tags ativas que foram adicionadas manualmente ao código, elas precisarão ser removidas primeiro para que você não acabe com dados duplicados.

Mas antes de realizar exclusões, faça um backup com os scripts e certifique-se de que o Google Tag Manager possui efetividade em executá-los

Abaixo, nós referenciamos alguns exemplos em que o Google Tag Manager não se adequa:

  1. Inserção de códigos javascript do site
  2. Incorporar microdata;
  3. Modificações relacionadas ao estilo do site;
  4. Modificações de estilo via jquery;
  5. Desenvolver a implementação de um site inteiro;

Primeiro passo para trabalhar com Google Tag Manager: Criar uma nova Tag

Para criar uma nova Tag, basta clicar em “Tags” no menu do lado esquerdo, e depois clicar em “Nova”.

O que é Google Tag Manager

Depois de clicar em “Nova” ou "New", o Google Tag Manager vai pedir mais informações para realizar a instalação correta da Tag. Você também poderá nomear a tag de acordo com sua preferencia, para organização da conta.

google tag manager

Existem várias opções de produtos para escolher, como o Google Analytics, Google AdWords, LinkedIn, Mouseflow, Chats, entre outras opções.

O Gerenciador de tags do Google torna mais fácil que os profissionais de marketing adicionem e atualizem tags do website, incluindo Google Analytics, Hotjar, Jivochat, entre outros recursos que necessitem de uma tag instalada em seu site para funcionar. Não deixe passar oportunidades que podem fazer uma grande diferença nas visitas e taxa de conversão do site.

Busque sempre aprender sobre ferramentas que você pode usar para gerenciar e acompanhar seus resultados! Nas próximas postagens mostraremos como configurar corretamente seu Analytics através do Google Tag Manager.

Até a próxima!

Autor

Giulia Oliveira

Analista de SEO, especialista em performance para ecommerce e soluções Google.

Linkedinhttps://www.webpeak.com.brsuporte@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak