Quadrante WebPeak

Quadrante Plataformas de E-commerce

Mônica De Paula

Alpinista de SERP, profissional em posicionamento digital e estratégias online.

Com a popularização dos meios de comunicação, onde os dispositivos se tornam grandes aliados no cotidiano, a internet, mais do que nunca, se tornou presente em praticamente todos os momentos do cotidiano. E tudo isso vai além da diversão e memes, agora o consumo online apresenta aumento em todas suas vertentes: deliverys, e-learning, e-commerces, investimentos, bancos digitais, marketing, entretenimento e muito mais.

Como evidência, destacamos termos relacionados ao mercado online que demonstram um aumento no interesse do público, exclusivamente para plataformas de e-commerce.

Em 2010 o mercado ainda estava se desenvolvendo, por volta de 2018 o interesse foi aumentando, com um 'boom' em 2020 incentivado pelo consumo em casa.

Observando o comportamento dos empreendedores, percebemos uma 'migração' de estratégia. Nosso estudo do mercado visa trazer um overview do status de mercados inseridos no meio digital, através da análise de sites e sua performance online. Para contextualizar, estamos trazendo um panorama sobre negócios bem posicionados na SERP, com boas métricas de domínio, isso pensando em termos relevantes para usuários e consumidores de seus produtos/serviços.

Metodologia do Quadrante Plataforma de E-commerce

Utilizamos os principais KPI's do marketing digital, trazendo informações baseadas em dados segmentados para o comércio brasileiro. Toda análise é baseada em Popularidade x Performance, que nos dá um panorama da qualidade que esses sites representam para os buscadores como Google.

O Quadrante de Plataformas de E-commerce segmenta os sites em quatro setores, sendo eles: populares, líderes, despreparados ou visionários.

Quadrante Mercado Financeiro by WebPeak

1º Quadrante Mercado Financeiro: Populares

Sites encontrados no setor de Populares, são aqueles com volume de citações sociais e referência externas (backlinks).

Isso é bom? Claro que sim, mas poderia ser melhor. Veja que para aparecer nesse setor, tais sites não dão a devida atenção para ajustes internos, controle de erros, velocidade do site, ou para questões de user experience (pensando que links e imagens quebradas são extremamente frustrantes).

2º Quadrante Mercado Financeiro: Líderes

Sites que aparecem neste setor de Líderes, são os negócios mais preparados para o mercado online.

Isso é bom? Sem dúvidas. Para aparecer neste setor, os site precisam ter cuidado com suas referencias externas e reputação online, assim como cuidado e controle dos erros das páginas, possuir conteúdos otimizados, site ágil com carregamento rápido, dentre outros fatores analisados.

3º Quadrante Mercado Financeiro: Despreparados

Sites encontrados no setor de Despreparados são aqueles que não apresentam boa métricas em geral.

Isso é bom? Não olhando sob a visão de resultados atuais, mas pode ser bom pensando nas oportunidades que esses negócios podem explorar. Resumindo, esses sites precisam que um bom trabalho de SEO, organização dos processos digitais para alcançar melhores posições nos buscadores.

4º Quadrante Mercado Financeiro: Visionários

Sites que aparecem neste setor de Visionários são aqueles que estão "quase lá", pois possuem boa otimização mas com poucas referências externas.

Isso é bom? Poderia ser pior, não é mesmo. Aqui temos sites que estão comprometidos com a boa navegação em suas páginas, controle dos erros, mas que ainda não conseguiram um bom volume de referencias externas. Esse volume de referencias externas é variável de termos à termo e mercado à mercado.

Principais KPI's analisados no Quadrante Plataformas de E-commerce

Dentre mais de 200 fatores de análise, podemos destacar os que mais interferem no posicionamento:

  • Percentual de otimização das páginas
  • Número total de backlinks
  • Distribuição desses backlinks
  • Volume de citações sociais
  • Erros e problemas de acesso
  • Velocidade de carregamento
  • Concorrência e sites similares
  • Performance online

Dados do Quadrante Mercado das Plataformas de E-commerce

O quadrante da WebPeak consolida uma série de métricas que determinam a liderança de um segmento na internet. Os sites listados neste estudo estão em posições privilegiadas dos buscadores, tornando-os líderes de seu segmento.

A composição dos eixos é simples:

Eixo X : Qualidade do Site - velocidade do site, acesso em dispositivos móveis, fatores do Webvitals e indicadores compõem o Eixo X.

Eixo Y : Popularidade - popularidade do site, domínios por backlinks, quantidade de backlinks e indicadores compõem o Eixo Y.

O quadrante foi gerado a partir das pesquisas: plataforma de ecommerce, plataforma de e-commerce

quadrante plataforma de e-commerce by webpeak
Quadrante Plataforma de E-commerce - Março 2021

* Para essa análise não consideramos sites como portais de notícias e blogs que não plataformas/softwares.

Podemos perceber que dentre os melhores posicionados, apenas a Nuvemshop aparece como líder, e a grande maioria dos sites aparecem em despreparados, assim como existem outros sites próximos da linha que os tiraria do setor de populares.

Para que a Nuvemshop esteja aparecendo como líder, o site da plataforma está atingindo uma boa nota em todas as métricas analisadas, mas ainda existem melhorias de otimização interna que ajudarão a aumentar ainda mais sua autoridade.

No print abaixo, podemos ver que mesmo com uma nota de otimização de 62%, ele se destaca. Ou seja, os concorrentes não estão dando a atenção devida para a qualidade do site.

Quadrante Plataforma de E-commerce - Nuvemshop 2021
Olhando para os demais sites, você pode estar pensando: mas como plataformas famosas como VTEX, Tray e Shopify não são considerados como líderes?

Lentidão no site, a quebra de páginas e a falta de otimizações em geral, culminam na ausência de itens sensíveis ao rank e para a leitura dos bots de buscadores. A maior vantagem desses domínios, é a quantidade e distribuição dos backlinks recebidos.

Veja que outras plataformas não tão famosas aparecem como despreparadas. Mesmo com algumas referências externas, não é o suficiente para ultrapassar os concorrentes (de SERP) como a Linx, Totvs e Salesforce, assim como a ausência de otimização interna, dificulta um melhor rank para termos estratégicos do negócio.

É como dizem: precisamos estar com a casa arrumada para receber as visitas e que elas saiam falando bem.

Quer uma dica de melhorias (além do que já falamos)? Veja essa média de velocidade dos sites desse mercado:

velocidade plataformas de e-commerce - webpeak
Média de velocidade no carregamento dos sites. Quanto mais perto de 1.00, mais rápido é o site.

O ideal seria que os sites fossem os mais rápidos possíveis, isso com: redução do tamanho de imagens, exclusão de códigos inutilizados, uso de bibliotecas seguras e aplicar as melhores práticas de SEO (que já disponibilizamos aqui em nosso blog).

Selecionamos dentre os domínios 5 sites para avaliar seu tempo de carregamento:
Tempo de carregamento e performance dos sites.

Vale reforçar que o líder desse quadrante, também se destaca com a melhor performance de site. Veja que dentre os sites destacados, nuvemshop.com.br demonstra maior rapidez no carregamento do site tanto para mobile, quanto para desktop. Isso sem dúvidas, ajuda a fortalecer o bom posicionamento digital do negócio.

Esse fator está relacionado com a agilidade no carregamento de informações no site, sendo extremamente importante na hora dos bots lerem o conteúdo, auxiliando no melhor rank das páginas, assim como retenção de usuários. Afinal, quem fica esperando um site demorado carregar? Thank you, next!

Fato é que, umas vez que conseguimos atrair o clique, não se pode dar a oportunidade do usuário ir para outro site (possivelmente um concorrente).

Qual a importância do Quadrante das Plataformas de E-commerce?

Com o quadrante, é possível analisar e entender melhor os fatores que melhoram o rank de um site, e também o que faz os sites não ultrapassarem a concorrência e dificuldade em ganhar posições.

Na internet não existem fronteiras entre negócios e clientes, nem entre você e sua concorrência. Com o quadrante podemos perceber que sites e empresas menores que se dedicam ao posicionamento online, com um bom planejamento, conseguem ultrapassar grandes players. E mais, além disso, é possível pegar grande parte do tráfego de termos estratégicos.

Consulte o documento completo no link do Quadrante das Plataformas de E-commerce.

Continue acompanhando que iremos trazer novos estudos e análises de mercado. Até a próxima! 🖖

Últimas Postagens WebPeak

Google

Clique Zero: Google revelou o segredo

Google

Focar na Experiência do Usuário para não ser penalizado pelo Google

E-Commerce

Descrição de produto no e-commerce: como elaborar textos perfeitos

Google

December 2020 Core Update: tudo o que você precisa saber sobre a nova atualização do Google!