Vendas

Seu E-commerce VTEX já pode Receber PIX

Mônica De Paula

Alpinista de SERP, profissional em posicionamento digital e estratégias online.

As transações online já são realidade na vida de muitas pessoas e empresas, de modo que é possivel ganhar dinheiro e transferir quantias em poucos cliques. Apesar de 45 milhões de brasileiros ainda desbancarizados, de acordo com DataReportal no ano de 2019, 67% da população adulta já tem acesso a um smartphone, o que já os deixa aptos para trabalhar com bancos digitais, e com a novidade do momento, o PIX criado pelo Banco Central do Brasil.

Definição da Wikipedia: "Pix é um meio de pagamento eletrônico do Brasil lançado oficialmente no dia 5 de outubro de 2020, com início de funcionamento integral em 16 de novembro de 2020."

O Pix chega como uma alternativa para ampliar o acesso da população ao consumo, gerando novas oportunidades para o comércio, e para negócios online como os e-commerces. Hoje falaremos especialmente dos e-commerces VTEX.

Por que receber Pix no e-commerce?

A proposta do Banco Central é simplificar e agilizar as transações. O Pix veio para viabilizar o envio e recebimento de transferências entre os principais bancos e instituições financeiras do país. 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem custo atrelado para quem o utiliza.

Dentre as vantagens de receber Pix no E-commerce, destacamos:

  • Fluxo de caixa: Com a liquidação imediata da transação, lojistas podem receber a transação diretamente do pagador, sem intermediadores.
  • Otimização logística: Por não comprometer o estoque do lojista (reservando peças que aguardam confirmação de pagamento para liberação), o Pix possibilita uma operação otimizada, ágil, reduzindo custos operacionais.
  • Satisfação dos cliente: Pelo fato do Pix ser uma alternativa mais rápida, conveniente e barata, isso reduz um possível desgaste no momento da compra.
  • Conciliação bancária: Com o Pix o lojista não sofre com os prazos diferentes entre os meios de pagamento (como os boletos que podem levar de 1 a 4 dias), agora são apenas 10 segundos para que o dinheiro apareça na conta.

O Pix vem como uma alternativa aos conhecidos DOC e TED, essa modalidade promete trazer benefícios para lojistas e consumidores. Além disso, diversifica o público que tem acesso ao sistema financeiro brasileiro, incluindo e ampliando potenciais consumidores.

Medo de receber e pagar Pix?

Mesmo antes de qualquer notícia, muitas pessoas já expressavam receio em se cadastrar no Pix por medo de terem seus dados roubados, mesmo sendo algo feito pelo Banco Central. Fato é que novidades sempre nos deixam apreensivos. Um exemplo disso? Se você é um pouquinho mais velho como eu, certamente se lembra que quando o sistema de telefonia móvel foi inventado, algumas pessoas viram o celular como uma forma de perseguição, já que poderiam receber ligações e ser encontradas a qualquer momento. E hoje, como é a utilização do celular? 😅

É, não adianta lutar contra a onda de tecnologia que inunda nossas vidas todos os dias. A evolução exige adaptação.

Transações feitas com o Pix são bastante seguras por três motivos:

  1. O Banco Central é o responsável por monitorar todo o sistema do Pix, o que traz mais proteção para o processo;
  2. O Banco Central dispõe da infraestrutura centralizada necessária para implementar um complexo sistema de liquidação pelo valor bruto em tempo real (LTBR);
  3. Por se tratarem de pagamentos instantâneos, as compras feitas com o Pix não são passíveis de cancelamento.
Aqui tem um vídeo do Banco Central explicando um pouco mais sobre o Pix:

Apesar dos muitos boatos que circulam pela internet, o Pix faz parte de uma grande revolução nas transações de valores, e está acontecendo em todo o mundo. Sistemas de pagamento instantâneo já existem em mais de 50 países, e o Brasil agora se junta a essa potência com o Pix.

Como configurar o Pix na VTEX?

O processo de configuração do Pix na VTEX é bem tranquilo, mas existem verificações essenciais para que tudo funcione de maneira correta.

Parceiros que oferecem Pix

O primeiro passo é conferir com a empresa parceira responsável pelo processamento dos seus pagamentos se a integração com a VTEX foi realizada corretamente.

Existem três parceiros que oferecem o Pix como meio de pagamento: Spin Pay, IUGU e PayMee.

A integração é feita via Payment Provider Protocol - protocolo de integração específico para pagamentos da VTEX - e o processo é descrito passo a passo no nosso guia de integração no Developer Portal.

Cadastrar Afiliação

Antes de configurar qualquer meio de pagamento, é imprescindível configurar a afiliação de gateway responsável por processar os pagamentos relativos àquele meio de pagamento específico. No caso, o Pix.

Confira os passos desse processo:

  1. Acesse o módulo de Pagamentos.
  2. Clique no botão Configurações.
  3. Clique na opção Afiliações de Gateway.
  4. Clique no botão de +  para adicionar uma nova afiliação.
  5. Escolha qual é o seu Gateway de Pagamento.
  6. Dê um nome à sua afiliação.
  7. Informe os dados do contrato enviados pelo Gateway escolhido.
  8. Clique no botão Salvar.

Configuração do Pix via Admin

Quando a integração entre parceiro e VTEX é feita corretamente e a afiliação de gateway também é cadastrada, o Pix é exibido como uma opção de pagamento configurável no Admin.

Prossiga com as as instruções:

  1. Acesse o Admin VTEX.
  2. Clique no módulo Pagamentos.
  3. Em seguida, clique na seção Configurações.
  4. No topo da página, clique na aba Condições de pagamento.
  5. No lado superior direito da tela, clique no botão verde “+”.
  6. No grupo “Pagamento instantâneo”, selecione a opção “Pix”.
  7. No topo da página, preencha o campo “Nome da Regra”.
  8. Clique no botão ao lado de Status para ativar o meio de pagamento.
  9. Em “Processar com afiliação”, selecione uma das opções de parceiros.

Do lado direito da tela, você pode configurar condições especiais de pagamento. Ou seja, definir se o Pix será exibido no SmartCheckout como meio de pagamento apenas em determinados cenários.

Se esse não for o caso, você pode clicar no botão azul “Salvar” para finalizar a configuração.

As condições especiais de pagamento são um recurso opcional e sua ausência não impacta o funcionamento do meio de pagamento.

Nesse tutorial da VTEX você encontra um vídeo com mais detalhes.

Dúvidas ou sugestões, entre em contato conosco. Até a próxima! 🖖

Fonte:

bcb.gov.br

help.vtex.com

Últimas Postagens WebPeak

Marketing

O que é Performance Criativa? Saiba como melhorar sua presença na internet!

SEO

Mapas de calor: entenda como gerar ações inteligentes para seu negócio

Marketing

Trabalha no setor Supermercadista? Esse guia de marketing é para você

SEO

WebPeak: ferramentas de SEO com importantes recursos para seu negócio!