NÃO QUERO IR AO EVENTO

Cupom de Desconto VTEX DAY 2019

Utilize o Cupom de 30% Desconto para o VTEX DAY 2019

Cupom de Desconto VTEX DAYCupom de Desconto VTEX DAY

USE O CUPOM: WEBPEAKVTEXDAY

COMPRE COM O CUPOM DE DESCONTO

Testes A/B para conversão

9/9/2019

Testes A/B para conversão

Neste conteúdo você vai entender como funciona o teste A/B e o que você pode testar. Mas antes de qualquer coisa, é importante que você saiba que um teste A/B é a melhor forma de você otimizar a taxa de conversão de suas páginas e melhorar seus resultados quando o assunto for Marketing Digital

Sabemos que uma das coisas que sempre abordamos aqui no blog é que, embora existam recomendações e boas práticas, cada empresa possui seu próprio público, com características exclusivas. Diante disso, somente a partir de testes é possível ter certeza sobre qual abordagem vai funcionar melhor.

Fato é que um dos testes mais conhecidos e eficientes é o chamado teste A/B, trata-se em dividir o tráfego de uma determinada página em duas versões, sendo a atual e uma que vai ser mais parecida a um “desafio”, com modificações. Após isso, mede-se qual das versões apresenta maior taxa de conversão.

Aqui vamos falar sobre este conceito de teste A/B

Leia também: Público-alvo: entenda melhor esse conceito e como ele vai te ajudar nos negócios!

Por que os testes A/B são eficientes

Testes A/B para conversão

Os testes A/B tratam-se de ferramentas excelentes pois oferecem um feedback real de mercado, que é mensurado com precisão e com base em dados, jogando para longe os famosos achismos. 

Esta não é uma pesquisa simples na qual alguém pode responder uma coisa e fazer outra na prática, esses são fatos consolidados.

Como as diferentes versões são distribuídas de modo aleatório em um mesmo espaço de tempo, não há o risco de fatores externos, nesse caso podemos citar uma palestra ou um eventual link em outro site, influenciarem a taxa de conversão. É isso que torna o resultado muito mais confiável.

Onde os testes A/B podem ser utilizados

Uma das grandes vantagens de utilizar testes A/B é que eles podem ser usados em inúmeros canais de comunicação que você tenha com os usuários. Os mais comuns são anúncios no Google AdWords e em redes sociais, como Facebook e LinkedIn, Email Marketing, Landing Pages e nas páginas de um site, porém a possibilidade de aplicar testes A/B é próximo do infinito. 

Faça-os inclusive em meios offline, entretanto, neste conteúdo, vamos nos ater aos testes nas áreas digitais.

Quando devo fazer um teste A/B

É importante que os testes A/B sejam aplicados em situações em que há a necessidade ou o potencial de otimizar determinada métrica importante para a empresa, sejam acessos, aberturas, cliques, geração de leads, entre outros.

Um exemplo, caso você possua um email cuja taxa de cliques está muito baixa, ou uma Landing Page com baixa taxa de conversão, vale muito a pena criar uma segunda versão para rodar um teste A/B e então descobrir se a nova versão tem um desempenho melhor.

Leia mais: Já pensou em aumentar a produtividade da equipe de vendas? 

Onde é preciso tomar cuidado

teste A/B

Nós acreditamos que fazer testes A/B deve ser ignorado por iniciantes em Marketing Digital. 

Por quê? 

Os motivos são dois: o primeiro é a necessidade de um bom volume de acessos para que o teste seja válido de modo estatístico, fato que poucas empresas iniciantes em Marketing Digital conseguem ter. A falta de volume pode levar a decisões prematuras e incorretas. .

E o segundo, embora seja algo de se acostumar ver palestras e estudos de caso mostrando melhoras na conversão como se fossem algo simples, a verdade é que é difícil encontrar variáveis que fazem a diferença nos números realmente. 

Quase nunca encontramos relato do que acontece com bastante frequência, os experimentos que fracassam, aqueles em que a diferença na conversão entre uma versão e outra não pode ser considerada relevante, etc. Para alguém que ainda tenha muitas coisas mais básicas e necessárias para fazer no Marketing Digital, é pouco provável que trabalhar com otimizações tragam tanto resultado como o terminar de montar a estrutura para seu negócio.

Algo a ser bastante lembrado está em torno de que não se recomenda testar mais de um elemento por vez, dessa forma é impossível saber qual mudança foi a responsável pelos resultados.

De modo geral, os itens que mais costumam alterar os resultados de conversão de uma página estão em torno de:

  • Headline (título em destaque) da página;
  • Call-to-Action (botões para conversão);
  • Imagens ou vídeos;
  • Descrições da oferta;
  • Tamanho e campos do formulário;
  • Indicadores de confiabilidade (testemunhos, certificados etc.)

Certamente que os testes não se limitam a isso, é possível alterar a posição dos elementos, cores ou mesmo aspectos da própria oferta (15 ou 30 dias de teste gratuito em um software, aqui está um exemplo). Porém, os itens que apresentamos no bloco acima são bons pontos de partida.

Não deixe de ler: O impacto de um bom SEO no futuro do seu negócio

Gostou de nosso conteúdo? 

Não deixe de nos acompanhar e receba mais dicas para seu negócio! :)


Autor

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

Linkedinhttps://www.webpeak.com.br/victoriaribeiro@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak

Últimas Noticias WebPeak