SEO

5 ferramentas de SEO essenciais para evitar quedas repentinas no Rank

Mônica De Paula

Alpinista de SERP, profissional em posicionamento digital e estratégias online.

Você que trabalha com marketing digital, principalmente com SEO, sabe que podem acontecer quedas repentinas de classificação nos buscadores. E como você detecta e reverte uma tendência negativa de SEO que pode ter afetado seus negócios? Aparecer depois da SERP 1 já pode ser um problema :(

Você já sabe o que é SERP?

Uma página de resultados de mecanismo de pesquisa (SERP) é a lista de resultados que um mecanismo de pesquisa retorna em resposta a uma palavra ou frase específica para a caixa de consulta. Na maioria dos casos, um SERP apresentará aproximadamente 10 resultados de pesquisa orgânica.

Se você deseja que as pessoas encontrem seu site facilmente, você deseja que seu site seja classificado na primeira SERP (página) para qualquer uma de suas palavras-chave específicas.

ferramentas de SEO para evitar quedas no rank
Você disse cair no rank?

Por que utilizar ferramentas de SEO para evitar quedas no Rank?

Como estamos falando sobre problemas que afetam seu negócio digital como um todo, pensamos em fatores de qualidade do site, backlinks desaparecidos ou links tóxicos, lentidão no carregamento de páginas ...

Pode haver uma centena de motivos para flutuações no rank de palavras-chave, resultando na perda de tráfego orgânico.

Para evitar e detectar com mais agilidade essas mudanças, recomendamos que você use pelo menos 5 ferramentas essenciais de SEO fornecidas pela WebPeak. Elas foram criadas para detectar e corrigir problemas de SEO antes que seja tarde demais.

Como evitar quedas no rank?

1. Rastreie todos os tipos de classificações

Utilize a WebPeak para monitorar TODOS os tipos de resultados SERP, incluindo vídeos, imagens, pessoas também perguntam, lugares, hotéis, notícias, etc.

Se você administra uma empresa local, sempre rastreie as classificações de palavras-chave nas regiões de destino, até a cidade ou o CEP.

Ferramenta: WebPeak > Rastreamento de Rank
ferramentas de seo para evitar quedas no rank

2. Detecte backlinks perdidos e tóxicos com agilidade

Saiba mais sobre backlinks perdidos com mais agilidade, e monitore seu 'tempo de vida'. Veja se há alguma página tóxica que possa prejudicar sua classificação e a reporte para os buscadores.

Observação: a WebPeak disponibiliza dados de backlink fornecidos pelo Majestic sem nenhum custo adicional para você!

Ferramenta: WebPeak > Perfil de Backlink> Meus Backlinks
ferramentas de seo para evitar quedas - backlinks webpeak

3. Rastreie a integridade de seus novos backlinks

Cada vez que você recebe um backlink de parceiro, pode adicioná-lo ao relatório 'Acompanhe links de parceiros'.

Você será notificado se algum de seus parceiros de link remover ou alterar um link para você. Fique de olho!

Ferramenta: WebPeak > Perfil de Backlink > Acompanhe links de parceiros
ferramentas de seo essenciais para evitar quedas repentinas no rank do google

4. Execute auditorias de SEO regularmente

Quer você faça um redesenho completo do seu site ou faça pequenos ajustes e correções, execute uma auditoria de SEO em todas as páginas. Você também pode optar por analisar o SEO de uma página específica.

Essa análise serve para se certificar de que as alterações não resultem em problemas de SEO, como conteúdo duplicado, ALT ausente em imagens, Titles gigantes, dentre outros erros.

Ferramenta: WebPeak > Saúde do site> Análise de SEO - On Site

5. Concorrentes de SERP são perigosos

Conheça e fique de olho em sites que concorrem para os mesmos termos que seu negócio. Na WebPeak você encontra uma série de ferramentas para analisar os concorrentes, como espião de de palavras, espião de backlinks, comparativo de rank, tráfego, dentre outras.

Identifique os sites que já estão rankeados para termos importantes do negócio e trace sua estratégia!

Ferramenta: WebPeak > Rastreamento de Rank > Concorrentes Perigosos
ferramentas de SEO essenciais para evitar queda de rank  webpeak

Coloque seu site no topo do Rank

O Rastreamento de Rank é uma ferramenta da WebPeak que irá analisar o rankeamento do seu site em função do tempo, você terá resultados dos relatórios do site completo ou relatório de página única, rankeamento de seus competidores e resultados de palavras-chave que tem melhor rankeamento nos motores de buscas.

  • Dashboard - um Painel com as informações gerais do rastreamento;
  • Resumo - um Ranking resumido das Palavras Chave;
  • Detalhe - ranking geral e detalhado das Palavras Chaves;
  • Por Página - ranking das Páginas com melhor posicionamento;
  • Por Tag - ranking geral entre as páginas com TAG's melhor posicionadas;
  • Dados Históricos - dados médios baseados no histórico de posições do seu site;
  • Visão Geral do Competidor - listagem de posição média de seus concorrentes;
  • Ranking de Competidores por Palavra-chave - listagem da posição médias das palavras-chave usadas pelo seu concorrente;
  • Concorrente Rankings por Competidor - rankeamento das páginas do seu competidor para cada tipo de Motor de Busca (Google, Bing, Yahoo).

Além de tudo isso, para ter um bom posicionamento é necessário investir em SEO On Page, e isso só é possível através das boas práticas de otimização. É possível otimizar a sua página sem dor de cabeça e alcançar os resultados desejados.

Mais dicas para Rank Google

Manter a palavra chave na meta description: Textos mais aprofundados, com no mínimo 800 palavras, pelo menos são compreendidos pelo Google como conteúdos mais completos, portanto, mais relevantes.

Página de contato: transmite confiança e facilita a vida dos usuários que queiram um relacionamento mais próximo com a sua marca. Deixe a fácil de encontrar.

Confiabilidade: medido através dos links que apontam para o seu site (se eles são confiáveis, vão mostrar para os robozinhos rastreadores do Google que o seu conteúdo também é).

Atualizações do site e conteúdos: é importante manter uma frequência de postagens e atualizações, pois assim o Google entende que o seu website sempre tem novidades para oferecer ao usuário.

Densidade de palavras: apesar de ter perdido o seu primeiro lugar nos critérios de rankeamento, a densidade de palavras chave ainda é importante ao longo do conteúdo. Porém, use com moderação – o excesso pode trazer penalidades.

Otimização de imagens (coloque a palavra chave no nome do arquivo e também na descrição na hora de subir em seu publicador).

Tempo de carregamento da página: tanto Bing, como Google ou outros sites de busca levam em conta o tempo que uma página demora para carregar como fator relevante de rankeamento. Adapte seu website para um carregamento rápido em tablets, smartphones e computadores.

Agora que você já sabe algumas técnicas de SEO para não deixar seu site cair no rank, coloque em prática e conta pra gente se funcionou!

*Esse texto foi adaptado de WebCEO.com

Últimas Postagens WebPeak

Blog

Como encontrar o construtor de sites apropriado para seu site de beleza

SEO

Estratégias de SEO para clínicas: saiba como aplicar

Marketing de Conteúdo

Conheça o Contador de Caracteres Grátis da WebPeak

Tutoriais

O que é e para que serve o Schema Markup