E-Commerce

Descrição de produto no e-commerce: como elaborar textos perfeitos

30
Mar
2021

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

Elaborar uma boa descrição dos produtos de e-commerce é uma das principais tarefas, principalmente se você quer conquistar novos clientes e, consequentemente, aumentar suas vendas online.

No e-commerce, uma descrição de produto completa é um grande diferencial para os clientes na hora de comparar produtos semelhantes. Pensando no novo consumidor, este está mais atento à experiência que terá com uma negociação, logo, isso pode ser o fator determinante para a decisão de compra.

Há também outro aspecto importante, as descrições também resultam no aumento do tráfego em seu site e na autoridade de domínio. As descrições de produtos são oportunidades para aplicar estratégias de SEO, e como se sabe, otimizar sites para buscadores (SEO) pode trazer ótimos resultados se feitas da maneira correta, assim os clientes podem encontrar seus produtos com facilidade.

Importância das descrições de produtos para os mecanismos de busca

Para os mecanismos de busca, como o Google, a descrição é crucial, pois influencia diretamente no posicionamento dos produtos nos resultados de pesquisa.

Ou seja, é muito importante que elas estejam adequadas às exigência do algoritmo do Google, assim os usuários conseguem encontrar seus produtos com mais facilidade. E o Google valoriza isso, para ele, a opinião do usuário conta muito. 

Aplicando práticas de SEO, seu tráfego aumenta de maneira significativa. Não tem segredo, descrições bem feitas e completas, desenvolvidas com as palavras-chave adequadas, tendem a fazer com seu e-commerce alcance grande reconhecimento e presença online. Está preparado para ter um negócio competitivo? 

1. Palavras-chave

As palavras-chave associadas ao produto devem estar na descrição do produto no e-commerce. Pois assim, além de posicionar nos mecanismos de busca, ajuda para o usuário a encontrar seu produto com mais facilidade; ao ler a descrição, geralmente, encontram o que pode responder suas dúvidas em relação ao produto. Tendo feito isso, você otimizou o seu site para os mecanismos de busca te posicionarem bem. Parabéns! 

Do contrário, o usuário não encontraria seu e-commerce, e bem provável que visitará outros sites, finalizando a compra a partir de informações mais completas, isso tem tudo a ver com segurança de dados, logo, olha a experiência do usuário apresentando-se como importante novamente ;). 

2. Detalhes do produto

Puxando o gancho da experiência do usuário, os detalhes do produto envolvem muitos aspectos, que vão variar conforme cada produto ou serviço.

Detalhes como, tipo de material geralmente é muito importante que estejam destacados nas descrições dos produtos, sendo uma grande influência para a compra. Não deixe essa informação passar batida, fale sobre o material no qual o produto é feito. 

Se for um serviço, a descrição deve estar detalhada sobre todas (sem exceção) as opções que estão incluídas nele.

Outros fatores como dimensões do produto também são muito importantes na hora de decisão de compra por parte do usuário, somente tendo noção de tamanho, por exemplo, que o cliente se sentirá seguro para fazer uma compra. Isso em todos os setores, de e-commerce de roupas à e-commerce de decoração para casa. Capiche

3. Formatação

Ainda sobre experiência do usuário, a formatação é outro aspecto importante. Muitas vezes queremos ver as informações do produto rapidamente, o método de compra na internet envolve fazer comparações entre várias opções.

Para facilitar todo esse processo para o usuário, uma dica é deixar em destaque (com negrito) as palavras mais importantes e relevantes aos usuários, nelas, devem estar contidos os diferenciais de seus produtos e características que o consumidor está procurando: 

  • faça subtítulos a fim de tornar a leitura mais agradável;
  • desenvolva sua descrição em tópicos para destacar as características mais relevantes, o usuário agradece.
descricao-de-produto-no-e-commerce-como-elaborar-textos-perfeitos

Como criar uma descrição de produto no e-commerce?

Na prática, a descrição do produto é basicamente um texto descritivo, nele, deve haver informações relacionadas às características, como usar, benefícios e diferenciais dos produtos.

A descrição do produto funciona como uma apresentação do produto ao usuário e também como texto persuasivo, afinal, além de descrever, o objetivo é converter os usuários em clientes. 

Então vamos definir assim: as descrições são a base dos conteúdos. Ali, você pode aplicar SEO. Hoje em dia, isso não pode faltar no seu e-commerce (sério, por questão de sobrevivência - no caso, de seu negócio). 

1. Faça pesquisas de palavras-chave

Pesquisar palavras-chaves, se tratando do marketing de conteúdo, é essencial para uma descrição completa e relevante.

Encontrar as palavras-chave corretas é uma tarefa central para uma estratégia de sucesso com SEO e bons resultados com seus negócios. Por meio das ferramentas de SEO, como a ferramenta de pesquisa de palavras-chave da WebPeak, é possível fazer essa tarefa com assertividade. 

2. Estabeleça a persona de seu negócio

Estabelecer uma persona de sua marca é fundamental, pois só assim você terá uma orientação relevante sobre como produzir seus conteúdos. Um conteúdo relevante é aquele que desperta o interesse do público e cativa o mesmo.

Uma maneira de fazer uma descrição persuasiva, que realmente seja cativante para o usuário, é adaptar seus textos para a linguagem de sua persona, refletir o tipo de abordagem, as palavras e as características que devem ser destacadas e direcionadas a ela.

3. Siga a identidade da marca

Criar uma identidade de marca é essencial para qualquer organização. Ela que define como sua marca irá se apresentar para o mercado e qual a “personalidade” dela.

Assim, as descrições dos produtos também devem ser adequadas à identidade de sua marca.

Crie um padrão de linguagem, tente manter o mesmo campo semântico em suas descrições e tom, dessa maneira, os usuários começam a desenvolver a capacidade de se identificar com seus conteúdos e manter o relacionamento com sua marca.

4. Invista no storytelling

Storytelling é uma excelente alternativa para gerar engajamento em seus conteúdos, e isso é possível por meio da descrição do produto. Por mais que não domine o conceito ainda, acredito que você já tenha ouvido esse termo em algum lugar. 

Como você bem sabe, seres humanos são verdadeiros contadores de histórias. E o que o storytelling faz é gerar vida ou significado para um cenário, além de provocar sentimentos de êxtase, tristeza, paz e, dessa forma, cativar a sua audiência. Aplique essas técnicas, destacando os diferenciais de seus produtos ou serviços nas descrições. 

5. Preste atenção no que seus clientes têm a dizer

Não é de hoje que os feedbacks de clientes são positivos para um negócio, mesmo aqueles feedbacks negativos são importantes para que sua empresa saiba atender aos clientes com mais eficiência. Ou seja, TODO feedback de cliente é bem vindo, acredite nisso para se desenvolver no mercado. Agradeça sempre, pois você pode utilizá-los para otimizar suas descrições, deixando-as mais completas.

Para finalizar, vale lembrar que há outros fatores importantes para a conversão. A WebPeak  pode te ajudar em todas essas etapas, pois é a ferramenta mais completa de marketing digital do mercado. Além de unir todas as ferramentas de SEO em um único lugar, oferece suporte aos usuários da plataforma. Entre em contato, podemos agendar uma conversa, que tal? 


Últimas Postagens WebPeak

Google

Clique Zero: Google revelou o segredo

Google

Focar na Experiência do Usuário para não ser penalizado pelo Google

E-Commerce

Descrição de produto no e-commerce: como elaborar textos perfeitos

Google

December 2020 Core Update: tudo o que você precisa saber sobre a nova atualização do Google!