SEO

Atualização Google 2021 de Title Tag: impactos

26
Aug
2021

Victoria Ribeiro

Sou uma redatora cabulosa, estou aqui para sabotar seu raciocínio.

Muito recentemente, o Google fez um novo ajuste no seu mecanismo de busca. O objetivo de tal mudança é, segundo a empresa, entregar melhores títulos como resultados ao usuário. Com isso, desde a divulgação deste ajuste, eles afirmam ter criado um sistema de geração aprimorado e automatizado para que as páginas possam descrever com mais precisão o conteúdo do site.

Para ficar mais compreensível: fato é que, uma das principais maneiras pelas quais as pessoas determinam quais resultados de pesquisa podem ser relevantes para sua consulta é revisando os <TITLE> das páginas.

Com este novo sistema de geração de títulos para os resultados de busca, do Google, se antes os títulos podiam mudar com base na consulta emitida, hoje, já não poderá mais. 

O buscador Google, está fazendo uso de textos que os humanos possam visualizar com evidência quando chegam a uma página web.  Considerando o principal título visual ou manchete mostrado em uma página, trata-se então de conteúdo que os proprietários de sites geralmente colocam dentro de tags <H1>.  Além disso, outros textos que estão dentro das páginas podem ser considerados, como "texto de links" dentro de links que apontam para páginas.

Impactos e expectativas do ajuste de Tag Title do Google 

Atualização Google 2021 de Title Tag: impactos

Resultado de pesquisa quer controlar calúnias 

Com este ajuste, o Google altera o algoritmo para dificultar uso de páginas para espalhar calúnias: como calúnias de vagas de empregos, por exemplo.  Por conta disso, quem está em busca de trabalho, a atualização para os resultados de busca será positivamente impactante. 

Normalmente, o buscador muda automaticamente o título de uma página quando ele é longo demais ou quando o domínio está vinculado a um documento em PDF ou DOC, neste último exemplo, inclusive, ao invés do nome da página, a busca pode renomear a chamada com a nomenclatura do arquivo.

Com o ajuste do Google, ele passa a usar somente a "parte mais relevante" e omite as demais se o título for maior que o permitido. No entanto, antes o sistema considerava apenas o início da frase e impossibilitava a visualização do restante, porém isso não era suficiente para detalhar o conteúdo em situações específicas

Importante: também vale para documentos hospedados e exibidos como resultado na busca: ao invés do nome do arquivo, o sistema atualizado busca a informação relevante dentro dele. A mudança pode evitar a confusão dos usuários e uma possível indução ao erro, que é quando há permissão para que sites falsos se passem por verdadeiros.

Títulos mais apropriados

Na teoria, os proprietários dos sites devem criar páginas usando uma tag HTML H1 para definir o título, contudo nem sempre ocorre. Nessa situação, a busca vai recorrer a outros mecanismos que irão permitir a identificação daquele conteúdo.

Se o título não estiver devidamente explicativo — com o uso de expressões genéricas como "Home" ou "Carrinho de Compras", por exemplo — o resultado da busca poderá utilizar outro texto contido na página para intitular a página de modo mais informativo.

A empresa Google informa que realizou testes e este novo formato foi o preferido pelos usuários que estão realizando a pesquisa. Da mesma maneira que o Google gera títulos, o conteúdo das tags titles HTML ainda é de longe o mais exibido, perto de 80% das vezes.

Impactos ‘’leves’’ para quem já faz o "feijão com arroz"

Pode ser motivo de comemoração: pessoas que fazem o básico, ou seja, produzem conteúdo com técnicas de SEO, o que inclui títulos bem produzidos, curtos e com palavras-chave, é bem provável que não irá sentir fortes impactos negativos, como quedas bruscas de acesso. 

Para acalmar os ânimos, vale destacar que o Google irá lançar, em breve, orientações atualizadas para os criadores de sites ajustarem suas criações ao novo padrão.

O mais importante, no entanto, é que a descrição e os títulos são o cartão postal do usuário para uma página, motivo pelo qual ele deve ser claro, objetivo e direto ao ponto. Sabendo disso, a pesquisa do Google valoriza os sites que buscam produzir títulos otimizados e alinhados às boas práticas da empresa.

Atualização Tag Title do Google 2021: quem perde tráfego?

O maior impacto para as vítimas da atualização da tag title do Google perdem tráfego de pesquisa. 

A atualização da Title Tag do Google realmente está causando alguns transtornos, no caso, para esses casos, o Google não está mostrando tags de título de editor para menos de 20% dos resultados de pesquisa (comumente chamados de SERPs), o motivo para tal ‘’punição’’ pode estar relacionado a títulos mal reescritos nos SERPs. Mas também podem estar associados a localização errada na etiqueta de título, também a erros de maiúsculas (aqueles que podem resultar em uma aparência estranha), com palavras em minúsculas misturadas com palavras em maiúsculas.

Claro que nós, da WebPeak, também estamos pensativos sobre a nova atualização.

Ninguém melhor que nosso head, Marcos Custódio, para ampliar a visão sobre a nova atualização do Google, que informou em seu perfil no LinkedIn

Atualização Google 2021 de Title Tag: impactos


Para mim, o foco em boas tags de title ainda é valido, mas o Google pode estar tentando fazer isso, para evitar a exploração desta tag. Mesmo com esta mudança, o meta tag title será apresentado em 80% das pesquisas.

Como em qualquer sistema, os títulos que geramos nem sempre são perfeitos. Desta forma, espero que o sistema melhore nos próximos dias!                                                                                                                    Marcos Custódio WebPeak

Ou seja, podemos esperar melhores dias para negócios digitais. E junto a isso, a necessidade de aplicar práticas corretas é questão de sobrevivência. 

Continue nos acompanhando para mais novidades! 

Últimas Postagens WebPeak

SEO

Quer melhorar sua Taxa de Clique Orgânico? A gente te mostra como!

Google

Google testará o Protocolo IndexNow

Google

Guia SEO: aprenda a encontrar todas as páginas de um site

Google

Como desenvolver uma campanha com resultados no Google Ads