Empreendedoras Lucram com Roupas de Academia "Tecnológicas"

4/6/2019
https://revistapegn.globo.com/Mulheres-empreendedoras/noticia/2019/06/empreendedoras-lucram-com-roupas-de-academia-tecnologicas.html

Empreendedoras Lucram com Roupas de Academia "Tecnológicas"

Amanda Momente e Marioli Oliveira são as fundadoras da Wonder Size, especializada em numerações mais altas.

A Wonder Size inova ao oferecer roupas confortáveis em tecidos tecnológicos para numerações mais altas.

A empresa foi fundada pelas empreendedoras Amanda Momente e Marioli Oliveira. No ano passado, a Wonder Size foi uma das vencedoras do Encontre Um Anjo, evento de PEGN que conecta startups a investidores.

Em entrevista, Marioli fala sobre a Wonder Size, bem como seus desafios e oportunidades. Confira:

Qual a inovação trazida pela empresa?
Somos uma linha de roupas que usa tecidos tecnológicos para vestir mulheres do 44 ao 66 com conforto e mobilidade. Criamos os modelos e uma confecção terceirizada faz as peças. A produção é de 1,5 mil itens por trimestre e as vendas são via e-commerce, showroom e feiras de moda.

O que faz para captar clientes?
Investimos em marketing digital, participamos dos principais eventos de moda no Brasil e de concursos ligados a startups.

Quais os planos para 2019?
Criar um novo canal de vendas, para as compradoras que não se sentem seguras para ir a uma loja. Iniciar estudos para a exportação e abrir os “Wonder Places”, ou lojas físicas. Nos produtos, teremos uma segmentação esportiva, com peças para treino, corrida e natação.

Como as tarefas são divididas na empresa?
Minha sócia, Amanda Momente, é minha amiga há mais de 20 anos. Ela era corretora de imóveis e vendia cosméticos.

Hoje, cuida do comercial e da produção. Eu trabalhava como coordenadora de design em uma multinacional. Tomo conta do marketing, de novas estratégias e do back office da companhia. Uma complementa a outra.

O que aconselha para outros empresários iniciantes?
Empreender é muito solitário e difícil. Por isso, é tão importante ter o suporte de aceleradoras ou participar de eventos e competições com outras startups.

As coisas se tornam bem mais fáceis quando existem grupos te dando suporte. É como e houvesse uma mão no seu ombro e uma voz dizendo: ‘Força, isso vai dar certo’.

Autor

Bot WebPeak

Robôs não são seres de outro mundo, robôs não querem tomar o trabalho de nenhum humano, robôs são amigos da sociedade. Robôs tem sentimentos

contato@webpeak.com.br

Últimas Postagens WebPeak